Infra
Bic Banner

51 Feiras livres da Capital receberão kits de banheiros químicos

Fonte: Da Redação
0
Views:
3

Todas as 51 feiras livres presentes em Cuiabá vão receber kits de banheiros químicos, conforme anunciou o prefeito Emanuel Pinheiro, nesta segunda-feira (17). Ao lado do secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Vinicius Correa Hugueney, o gestor afirmou que cada uma delas receberá um toalete masculino, um feminino, além de um destinado exclusivamente para pessoas portadoras de necessidades especiais.

“Nossa gestão é completa e absolutamente aliada aos feirantes e queremos que eles possuam condições apropriadas de trabalho, para que possam continuar atendendo a população. Estes kits representam o bem-estar básico que as feiras necessitam e estamos trabalhando para cada vez mais proporcionarmos um ambiente favorável ao bom exercício, a boa comercialização e a boa convivência nas feiras. Até porque, os bairros convivem com este tipo de comércio corriqueiramente e são grandes consumidores dos produtos ofertados ali. Indo mais além, as feiras contribuem para a movimentação econômica de nossa cidade e são extremamente positivas para a vida em comunidade”, afirmou Pinheiro.

Para o secretário Vinicius Hugueney, a Prefeitura de Cuiabá estará cada vez mais próxima dos comerciantes, seguindo os princípios pré-estabelecidos pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Com o objetivo de fortalecer as feiras, a gestão municipal manterá debates recorrentes com a categoria ao longo dos quatro anos, alinhando suas propostas com a viabilidade do município.

“Como o próprio prefeito reiterou diante de todos, não é nosso propósito eliminar as feiras do convívio cuiabano. Nosso desejo é fazer com que elas sejam fortalecidas e respaldadas pela gestão pública. A Prefeitura não quer dificultar o andamento do trabalho desenvolvido por eles, pois sabemos a necessidade que possuem e compreendemos que muitos deles vivem das feiras. Por isso vamos desenvolver inúmeras reuniões, que priorizem uma melhor qualidade de trabalho para eles, com a certeza de que isso refletirá direta e positivamente nos consumidores que eles atendem”, pontuou.

A boa notícia surpreendeu os feirantes presentes, que já estavam desencorajados quanto na manter um diálogo com a gestão pública. Segundo Maria Rosa, feirante há sete anos e atuante em seis barros de Cuiabá, esta é a primeira vez que um prefeito se dispôs a atender às necessidades dos comerciantes pessoalmente.

“Não estamos acostumados com este tratamento e é realmente uma ótima surpresa sermos recebidos pelo nosso prefeito, principalmente com esta notícia que aguardamos há tantos anos. Isso só fortalece o compromisso feito em estar perto com o cidadão, além de nos tranquilizar, com a certeza de que estamos sendo amparados e não seremos descartados pelo poder público”, contou.

Para Adriano Cardoso, feirante há 10 anos nos bairros CPA, Planalto e Jardim Florianópolis, a humanização está sendo empregada em seu sentido mais puro. “Cuidar de uma cidade implica em se relacionar com aqueles que vivem nela e saber que o prefeito Emanuel Pinheiro fez questão de compartilhar a novidade conosco demonstra que se importa. Vivemos da feira e lutamos por ela com empenho e é tranquilizador sermos valorizados de tal forma”, disse.

Jornada Voluntária nas feiras

Ao longo do encontro com os feirantes, o prefeito Emanuel Pinheiro compartilhou o próximo projeto que entrará em vigor na Capital. Intitulado Jornada Voluntária, a parceria firmada com o Governo do Estado, através da Polícia Militar, vai oferecer a oportunidade aos policiais de dedicarem seu tempo livre para atuarem em determinados pontos da cidade. Neste convênio, cerca de 150 voluntários estarão atuando em Cuiabá. De acordo com o gestor, é possível verificar a viabilidade de estender este atendimento aos feirantes, considerando que há um sentimento de insegurança por parte da classe.

“Nós vamos priorizar a saúde pública, onde colocaremos efetivos no Pronto Socorro, UPAs e policlínicas e creio que podemos fazer uma escala da Jornada Voluntária para atender as feiras livres também. Entendemos que existe essa necessidade e este aspecto será tratado entre os secretários municipais de Trabalho e Ordem Pública, para que verifiquemos de que forma isso pode ser conduzido”, concluiu Emanuel. 

Infra
Bic Banner