Transporte

Artista relaciona ’13 simples prazeres que só Cuiabá proporciona’

Fonte: Cuiabá 300/Com Cultura Cidadão
0
Views:
0

A jornalista e artista Simone Ishizuka despertou seu olhar para Cuiabá através de uma imaginação emotiva, singela e sensível. Em um texto publicado no blog Cidadão Cultura, ela estampa os prazeres, a vida e as belezas da cidade exibindo belas imagens. Deixando de lado a visão crítica e só colocando o lado positivo da cidade, Simone Ishizuka sugere 13 prazeres que só Cuiabá proporciona, destacando a vida noturna, a gastronomia e os laços turísticos regionais. Confira a matéria:

Muita gente vê Cuiabá como se fosse uma cidade ‘infernal’. Realmente ela é muito quente, as ruas são estreitas, os horários de pico são terríveis e os costumes ainda são corriqueiramente arcaicos para uma Capital. Mas o que pouca gente presta atenção é que há algumas coisas que só ela proporciona, e que fazem toda diferença.

E nestas minhas andanças solitárias (ou nem tanto) pela cidade, percebi também que Cuiabá pode ser absurdamente poética em vários quesitos, de encher os olhos e o coração.

Enumerei alguns, mas sintam-se a vontade em aumentar esta lista nos comentários.

1 – Dirigir à noite na Avenida Miguel Sutil

01 SIMONE ISHIZUKA

De preferência com a trilha sonora mais deprê que você tiver no pen-drive.

2 – Apreciar a vista do mirante do Centro de Eventos do Pantanal

02 SIMONE ISHIZUKA

Aprecie também o som do silêncio deste lugar, com uma vista deslumbrante da cidade.

3 – Observar o céu de Cuiabá

03 SIMONE ISHIZUKA

Quem nunca se deparou com essas cores assim, do nada¿

4 – Comer em um restaurante vazio do São Gonçalo, Beira-Rio

04 ASSESSORIA PREFEITURA DE CUIABA

No final do final, láá no fim tem uns que são mais tranquilos em finais de semana.

5 – Fazer compras no Big Lar

05 ASSESSORIA BIG LAR

Sim. É caro. Mas não se pode negar que é prazeroso.

6 – Ir ao Sesc Arsenal em dias não movimentados

06 ASSESSORIA SESC

Sentar no barzinho, pedir um caldo, tomar um suco e escutar uma MPB bem lentinha…

 

7 – Tomar café da manhã na Dona Eulália

07 UOL

Lá é tão intimista, que só falta sua avó vim te servir um chocolate quente com um bolo de arroz, para em seguida te dar um abraço antes de você pagar a conta e ir embora.

8 – Andar pelos calçadões do Centro pela manhã

08 BENEDITO GOMES

Com uma trilha sonora um tanto revigorante no fone de ouvido. Tipo aquelas músicas que te fazem ficar mais feliz, sabe? (Olha eu ali!)

 

9 – Pegar a ‘Estrada de Chapada’ à noite

09 GOOGLE EARTH

É um pouco pra lá do perímetro urbano, mas está valendo! Passe devagar naquele trecho logo após o Rio Mutuca, que tem um ‘teto verde’.

10 – Andar de carro em qualquer avenida pela manhã com a cabeça encostada na janela do carro, escutando Abbey Road dos Beatles

10 DIVULGAÇÃO

Alguém tem que estar dirigindo para você para sentir esta vibe, viu¿ Só coloca esse som e respire bem fundo.

 

11 – Caminhar pela avenida do CPA

11 SIMONE ISHIZUKA

Calçadas largas e um ar de ‘cidade grande’ que só lá tem.

 

12 – Estar com um paquera em frente à igreja São Benedito

12 SIMONE ISHIZUKA

Dar uns malhos de leve não é pecado, é divino!

 

13 – Subir a Getúlio e descer a Isaac

13 SIMONE ISHIZUKA

Avenida Getúlio Vargas e avenida Isaac Póvoas. Algo de praxe que todo bom cuiabano deve saber! E pensar que nossos avós, bisavós e tais tais tais avós fizeram este mesmo caminho também.

*Simone Ishizuka é jornalista, artista, gosta de desenhar e agora descobriu a cerâmica 

Transporte