Infra
Bic Banner

Avenida Carmindo de Campos terá projeto piloto de segurança

Fonte: Olhar Direto
0
Views:
14

Foi assinado no final da tarde desta segunda-feira (2), pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), o Termo de Cooperação Técnica com a empresa Ausec Automação e Segurança e empresários da avenida Carmindo de Campos para lançamento do projeto-piloto Blue Light, que visa ampliar o videomonitoramento em Cuiabá. O Estado irá emprestar câmeras de segurança aos empresários, por 60 dias, para que elas sejam instaladas nos estabelecimentos e forneçam as imagens à Sesp.

Seis empresas localizadas na avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá, foram escolhidas para iniciar o projeto. Diariamente seis pontos da avenida estão sendo monitorados 24 horas capturam imagens da via pública próximo ao estabelecimento. A novidade neste projeto é a forma de instalação das câmeras, que desta vez, estão instaladas na estrutura física do comércio e não em poste, como já é utilizado pela Sesp.

De acordo com o coordenador do Ciosp, o tenente-coronel da Polícia Militar, Arlindo Marques de Souza Filho, a parceria terá duração inicial de dois meses. Os empresários interessados poderão fazer a instalação das câmeras e fornecer as imagens ao Ciosp.

“O estado vai fornecer as câmeras por 60 dias para que nós possamos fazer o projeto piloto na Avenida Carmindo de Campos, que é uma área que tem bastante comércio. Estas imagens serão tratadas dentro do Ciosp para auxiliar a segurança pública local”, afirma o tenente.

O reforço é importante no combate ao crime contra o patrimônio. Atualmente, a Sesp conta com 105 câmeras de videomonitoramento, do tipo poste, instaladas em Cuiabá e Várzea Grande. 

O tenente-coronel Marques afirma que as câmeras trarão mais segurança para os comerciantes e que se for de interesse deles, após o prazo de 60 dias, a parceria com o Ciosp poderá continuar.

“Se você coloca esta câmera, ela faz o monitoramento não só daquele estabelecimento, mas de todos os que estão próximos. A princípio as câmeras serão emprestadas, mas futuramente se os empresários acharem que vale a pena investir, eles vão comprar estas câmeras e vão ceder as imagens para a secretaria de segurança, via Ciosp”, disse.

Após o prazo, as empresas, caso haja interesse, ficarão responsáveis pela aquisição das câmeras de vigilância e disponibilização das imagens. Já o Governo de Mato Grosso pelo monitoramento e interligação com as Forças de Segurança. Os dados serão enviados para um servidor de armazenamento em nuvem. A câmera poderá ser acessada em tempo real ou sete dias armazenados. O coordenador do Ciosp dise que esta é a primeira parceria em uma área comercial no Estado.

“Por 60 dias vamos fazer uma experiência, ver se o empresariado vai gostar da experiência e se vai dar certo, e se der certo nós vamos tocar o barco. Já existe esta parceria com outros bairros, mas na área comercial é a primeira”, contou o tenente.

Infra
Bic Banner