Transporte

Azul inaugura voo entre Cuiabá e Barra do Garças e secretário comemora “aproximação de Mato Grosso”

Fonte: Olhar Direto
0
Views:
0

Com quase todas as suas 75 poltronas ocupadas, o voo da Azul que inaugurou o trecho Cuiabá-Barra do Garças, comprovou nesta segunda-feira (07) a alta demanda suprida pelo serviço. Em pouco mais de uma hora, o trecho de 540 km por terra foi encurtado, aproximando capital e interior em relações que diferem a cada passageiro. O secretário-adjunto de Desenvolvimento do Turismo na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Luiz Carlos Nigro, comemorou a “aproximação de Mato Grosso”, com a nova rota.

A reportagem do Olhar Direto esteve a bordo da aeronave ATR-72 da companhia, com capacidade para 75 passageiros, onde acompanhou todo o voo, que durou pouco mais de uma hora. Tudo transcorreu de forma tranquila e sem problemas. Na chegada ao Aeroporto Piloto Bub, o avião foi recebido com o conhecido ‘batismo’ (que consiste em jogar água sobre a aeronave).
 
O secretário Luiz Carlos Nigro comemorou a ligação entre os dois municípios: “É um momento histórico para Mato Grosso e a região do Araguaia. Cidade em que desce avião, o comércio e a economia crescem. O governador Pedro Taques (PSBD) tem investido pesado na região, não só na parte do aeroporto, mas também o ‘Voe MT’, que está aproximando as cidades mato-grossenses. Além disto, temos a construção do Centro de Eventos em Barra do Garças, que terá capacidade para mais de três mil pessoas”.
 
“O Turismo será incrementado e as pessoas da região poderão chegar a outras cidades do Brasil e do mundo com mais facilidade”, acrescenta o secretário. Atualmente, Cuiabá é o terceiro maior hub(designações dadas ao aeroporto utilizado por uma companhia aérea como ponto de conexão para transferir seus passageiros para o destino pretendido) da Azul dentro do Brasil.

O diretor de expansão da companhia, Ronaldo Veras, também comemorou: “Barra do Garças é o nosso sexto destino em Mato Grosso. O ‘Voe MT’ deu um incentivo interessante para nós. Fizemos uma pesquisa de mercado que apontou um potencial turístico muito interessante. Por causa disto, optamos pela ligação com o município, que tem belos atrativos”.
 
“Trabalhamos com índice de ocupação elevado para este voo. Até sexta-feira (11) temos uma ocupação muito boa. Vamos fazer de tudo para que todos conheçam o nosso equipamento, que tem uma segurança muito grande e também para que as pessoas possam conhecer a cidade de Barra do Garças com esta ligação mais rápida”, finalizou o diretor.

O prefeito da cidade, Roberto Farias, destacou o potencial turístico que se amplia com a realização do voo: "Barra é uma cidade com muitos atrativos, tanto para os setores de lazer quanto para os negócios e agronegócios. Então esta conexão com a capital vai intensificar a rota e trazer novas oportunidades aos moradores".

Opiniões

No caso do estudande de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maurício DallaBrida, de 22 anos, a novidade vai aproximá-lo de sua familia, que não vê desde o início do ano: "Agora vou vir praticamente todo mês, com o preço acessível e a economia de tempo, tudo fica mais fácil".

Para os moradores, o voo foi o atrativo do dia. Dezenas deles estiveram no aeroporto, reinaugurado hoje (07) para receber os que chegavam e prestigiar a cerimônia de abertura. Em meio aos flashs e ao som da banda municipal, o borracheiro Odeval Pereira avaliou as possibilidades que chegam com o avião.

"Agora a gente fica mais perto de tudo né. Vou pro nordeste com a familia no final do ano e já vamos passar por Cuiabá, coisa que não aconteceria se nao fosse isso. Também temos parentes lá e queremos vê-los mais vezes", comemorou o borracheiro, em entrevista ao Olhar Direto.

O voo
 
Os voos terão frequência diária, partindo de Cuiabá de domingo a sexta-feira às 12h37 e chegada prevista para as 13h52 em Barra do Garças. Já a saída para Cuiabá será às 14h23 com chegada às 15h39. As ligações serão operadas pelos modernos turboélices ATR 72-600.
 
Barra do Garças é a sexta base da Azul em Mato Grosso. A companhia aérea conta com aproximadamente 30 decolagens diárias, que parte de outras cidades mato-grossenses: Cuiabá, Alta Floresta, Sinop, Rondonópolis e Sorriso. Nos voos, os clientes ainda contam com snacks (salgados, bolos, etc) e bebidas grátis oferecidos pela empresa.
 
De acordo com a Azul, em Cuiabá os clientes que partem de Barra do Garças terão à disposição ligações sem escalas para São Paulo (Campinas e Guarulhos), Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Campo Grande, Londrina, Porto Velho, São José do Rio Preto, Rondonópolis, Sorriso, entre outras cidades.
 
Voe MT
 
O programa ‘Voe MT’, criado com o objetivo de fomentar a aviação regional em Mato Grosso, deverá proporcionar uma redução de até 84% do valor da operação sobre a base de cálculo do ICMS incidente nas operações internas de aquisição de QAV (querosene de aviação), em território mato-grossense. Para as operações internacionais, as saídas de combustível e lubrificantes para o abastecimento de aeronaves com destino ao exterior terão isenção total do tributo.
 
Serão “beneficiárias exclusivas do incentivo do programa, as empresas de transporte aéreo em operação em rotas aéreas regulares de transportes de passageiros e/ou cargas com conexão, destino ou origem em municípios localizados no Estado”. A intenção é aumentar a oferta dentro de Mato Grosso. Sendo assim, um voo de Rondonópolis para São Paulo (SP), ou de Barra do Garças para Goiania, por exemplo, teriam esta isenção.
 
Para fazer parte do programa, as companhias terão de operar rotas aéreas de forma regular em dois ou mais municípios do Estado de Mato Grosso, nos casos de voos regionais e nacionais e pelo menos um, em internacionais. Além disto, tem de ser comprovada a autorização para operar a rota aérea pretendida, regularidade junto à Fazenda Pública Estadual relativa a todas as obrigações tributárias, inclusive as acessórias e regularidade junto aos órgãos de fiscalização. Além disto, terá de manter também  oficina de aeronaves no Estado.
 
Benefícios
 
As reduções do valor da operação sobre a base de cálculo do ICMS incidente nas operações internas de aquisição de QAV (querosene de aviação), em território mato-grossense, serão feitas da seguinte maneira: 20% para o transporte aéreo regular prestado em no mínimo dois municípios; 50% para operações em no mínimo quatro cidades; 60% para pelo menos cinco municípios; 72% para seis e 84% para pelo menos sete municípios. No caso de voos internacionais saindo do Estado, haverá a isenção destes tributos.

Transporte