Transporte

‘Chineses e árabes podem concluir e explorar VLT’, diz deputado

Fonte: Repórter MT
0
Views:
1

O deputado estadual Leonardo Albuquerque (PSD) revelou que vai apresentar, a empresários de dois grupos da Arábia Saudita e China, na próxima quarta-feira (25), o projeto das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Previstas para serem entregues antes da Copa do Mundo de 2014, em Cuiabá e Várzea Grande, as obras do modal de transporte coletivo urbano estão paradas desde dezembro de 2015, na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), por determinação da Justiça Federal.

Em entrevista ao , o deputado informou que os empresários dos dois países demonstram interesse por esse tipo de negócio, tanto que uma proposta já foi feita ao Governo do Ceará.

“Eles já começaram com a negociação do metrô em Fortaleza. O Governo e a Prefeitura estão analisando investimentos de R$ 3 bilhões a R$ 5 bilhões. (…) Por que não trazer a proposta deles e terminar o VLT em Cuiiabá e Várzea Grande? Depois, eles mesmo explorariam o serviço”, disse Albuquerque.

Para o parlamentar, a medida aliviaria a responsabilidade do Governo do Estado e encerraria uma das maiores polêmicas sobre a conclusão do modal.

“Já que não tem dinheiro novo, nós estamos procurando parceiros e investidores, além de várias possibilidades para trazer investimentos para Mato Grosso”, disse.

A partir de agora, segundo Leonardo Albuquerque, é preciso convencer os grupos a investirem no Brasil, que tem perdido espaço para países menores da América do Sul, muitas vezes, por causa da "rígida lei trabalhista".

“Eles [os investidores] estão pulando o Brasil e fazendo investimentos no Paraguai, por exemplo. Se não abrirmos os olhos, daqui a dez anos, o país vizinho vai ‘engolir’ o Brasil”, observou.

Leonardo Albuquerque também falou sobre a possibildade do PSD conseguir mais espaço no Governo Pedro Taques (PSDB), além da Zona de Processamento da Exportação (ZPE), em Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá).

A  invasão no garimpo ilegal, em Pontes e Lacerda (na mesma região), também é tema da entrevista.

Assista a entrevista completa do deputado Leonardo Albuquerque:

Transporte