Transporte

Emanuel afirma que uma das prioridades é concluir o VLT

Fonte: Folhamax
0
Views:
1

O PMDB oficializou ontem a candidatura a prefeito de Cuiabá do deputado estadual Emanuel Pinheiro. A convenção foi realizada no Hotel Fazenda Mato Grosso e contou com a presença das principais lideranças do partido e de aliados.

Em discurso, Emanuel Pinheiro disse que sua campanha não será pautada pelo revanchismo por ser oposição ao governador Pedro Taques (PSDB) na Assembleia Legislativa, mas somente em propostas, diante de projetos que deverão ser consolidados rumo ao projeto da Cuiabá 300 anos. “Minha proposta é debater projetos de relevância para Cuiabá. O município precisa de um prefeito aberto ao diálogo com os diversos segmentos sociais para discutir a água tratada e o saneamento básico que ainda são precários. O transporte coletivo passa pelo envolvimento do município em defesa das obras do VLT e a Saúde pública de um amplo diálogo com os entes federados”, declarou.

Durante o dia, Emanuel Pinheiro conseguiu agregar o apoio de DEM, PP, PTdoB, PRP e Solidariedade, partidos considerados aliados da base do prefeito Mauro Mendes (PSB) e que até dias atrás apostava na reeleição do socialista, o que não se concretizou por motivos familiares. O grupo político que apoia o PMDB ainda é composto por PTB, PP, PROS, SDD, DEM, PTB, PTdoB, PTC, PPN, PMB, PR e PEN.

A candidatura de Emanuel Pinheiro retoma o protagonismo do PMDB no maior colégio eleitoral de Mato Grosso, que é Cuiabá. A última candidatura própria do partido foi em 2004 com o ex-vereador por Cuiabá Totó Parente.

Companheira de bancada na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Janaína Riva (PMDB) acredita que o apoio incondicional do deputado Emanuel Pinheiro em favor dos servidores públicos na luta pelo pagamento da RGA (Revisão Geral Anual) aos servidores públicos o fortalece numa disputa polarizada com o líder do governo no Parlamento, deputado estadual Wilson Santos (PSDB), escolhido de última hora como o candidato a prefeito de Cuiabá com o apoio do governo do Estado. “Com mais de 70 mil servidores públicos em Cuiabá e numa disputa com o Wilson Santos, acreditamos fielmente na vitória. A questão da RGA vai definir a eleição. Nós sabemos quem tem compromisso com os servidores públicos e as famílias. O Wilson Santos foi responsável pela derrota dos servidores públicos no Legislativo”, disse.

O presidente do diretório estadual do PMDB, deputado federal Carlos Bezerra, acredita que a eleição vai para o segundo turno diante da quantidade de votos pulverizados. “O Emanuel Pinheiro é um filho da terra e candidato fortíssimo. Não podemos menosprezar o ex-prefeito Wilson Santos e o apoio do governador do Estado. Procurador Mauro (Psol) é uma revelação com sua parcela do eleitorado. Creio muito que haverá um segundo turno do PMDB contra o PSDB”, avaliou.

O PDT também oficializou ontem a candidatura do ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva a prefeito de Cuiabá. A candidata a vice será Jusci Ribeiro, conhecida como Jusci da Eletronorte, que é filiada ao PT e suplente de deputada federal. O ato do PDT realizado no Centro de Eventos do Pantanal contou com a participação do presidente nacional do PDT, ex-ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, e o ex-ministro da Integração Nacional Ciro Gomes.

O vereador por São Paulo, Netinho de Paula, também prestigiou o evento. Estreante em disputa eleitoral, Julier adotou o discurso de reforçar bandeiras sociais como educação e saúde, além de políticas públicas em saneamento básico.

Transporte