Infra
Bic Banner

Estado promete concluir Hospital Universitário até 2018

Fonte: Midianews
0
Views:
0

O secretário de Estado de Cidades, Eduardo Chiletto, afirmou que a obra de construção do novo Hospital Universitário Júlio Müller – paralisada desde 2014 – deverá ser concluída em 2018.

A obra está localizada na Rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que liga Cuiabá a Santo Antonio de Leverger. A construção do hospital foi iniciada em novembro de 2012, pelo consórcio Normandia Phoenix Edeme, e tinha previsão de ser concluída em dois anos.

No entanto, em outubro de 2014, somente 11% da obra estava pronta e, de acordo com o governo do Estado, o projeto do hospital apresentava inúmeras irregularidades.

“Nós recebemos essa obra com grandes problemas de incompatibilidade. A elétrica não bate com a hidráulica, que por sua vez não bate com a estrutura, enfim. A própria empreiteira não tinha condições de tocar essa obra. Eles começaram a construir e dois anos depois entregaram apenas 11% daquilo que devia ser feito”, explicou Chiletto, em entrevista na manhã desta quinta-feira (13), ao telejornal Bom Dia MT da TV Centro América.

Diante dos problemas encontrados, a Secid iniciou um novo processo de licitação, por meio de um Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC).

“A RDC, ao invés da licitação normal, foi feita porque já tinha 11% da obra concluída. Se outra empresa entra, a responsabilidade dessa obra, assim como a compatibilização de todos os projetos, fica por conta da empresa”, explicou.

Chiletto também adiantou que, em no máximo dez dias úteis, ocorrerá uma audiência pública na UFMT para dar início ao processo de licitação.

De acordo com o secretário de Cidades, a partir da retomada das obras, a construção do hospital deverá ser entregue em dois anos e meio.

“A gente lança o edital e aí sim a obra se inicia. E a gente consegue terminar em dois anos e meio o novo Hospital Júlio Muller”, garantiu.

O hospital está sendo construído em uma parceria entre o Governo do Estado e UFMT. A área de 147 hectares, doada pelo governo, vai abrigar também o Campus II da UFMT e a Faculdade de Medicina.

Infra
Bic Banner