Transporte

Fagundes cobra mais empenho do governador para concluir VLT

Fonte: Olhar Direto
0
Views:
0

O senador Wellington Fagundes (PR) cobrou a retomada das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande e criticou a postura do governador Pedro Taques (PSDB) sobre o assunto. Segundo ele, o chefe do Poder Executivo precisa tomar a iniciativa de dialogar e buscar apoio da bancada para encontrar soluções para a obra paralisada há quase dois anos.
 
“O problema é que Pedro Taques não procura a bancada para diálogo. O governador é ele. O Legislativo pode no máximo falar, fazer uma emenda no orçamento, mas não pode determinar, não pode impor a prioridade administrativa. A priorização de qualquer obra dentro do município e do estado é da gestão. Falta diálogo”, afirmou o parlamentar

A obra do VLT em Mato Grosso teve início em 2012 com recursos da Caixa Econômica Federal e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e foi paralisada no final de 2014. Já foram pagos R$ 1,066 bilhão, de um total de R$ 1,477 bilhão contratados. Como o governo desistiu de entrar em acordo com o consórcio VLT Cuiabá, atualmente, a decisão sobre a continuidade da obra está judicializada, na Justiça Federal.

Fagundes afirmou, ainda, que se o VLT continuar abandonado, pode virar ferro velho em pouco tempo. “Se deixar mais dois anos… Todo produto, como celular, em seis meses, a tecnologia… O VLT é alta tecnologia. Tem que arrumar uma solução de buscar o financiamento com o estado ou parceria. Eu quero agora depois das eleições reunir a bancada para discutir isso”, disse. 

Transporte