[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Fórum debate chegada dos trilhos da Ferronorte em Cuiabá

Fonte:
0

O governador Pedro Taques e o secretário de Infraestrutura e Logística Marcelo Duarte, participam do Fórum Ferrovias e a Integração dos Modais, que vai discutir a chegada dos trilhos da Ferronorte em Cuiabá. O evento é realizado na Sede do Sindicato Rural de Nova Mutum (242 km da capital), nesta quinta-feira (23.11).

O evento contará com participação do presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro; do diretor-presidente da Rumo S.A, Júlio Fontana; diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos Macedo; e dos secretários do Ministério da Agricultura, Neri Geller (Política Agrícola); e do Ministério dos Transportes, Dino Dias Batista (Fomento e Parcerias); e do secretário de Coordenação de Projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Tarcísio Gomes Ferreira.

“Neste evento vamos discutir de maneira definitiva o avanço dos trilhos da Malha Norte, de Rondonópolis, Cuiabá até chegar em Sorriso, passando por Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. A importância maior do fórum é este, como vamos fazer, por onde vai passar e o que precisa ser feito na esfera federal e estadual para que isto aconteça”, disse o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte.

O Governo do Estado defende a prorrogação da concessão da empresa Rumo ALL por mais 30 anos, como forma de impulsionar a chegada dos trilhos da Ferronorte em Cuiabá. Isso porque a companhia é a responsável pela Malha Paulista, trecho da ferrovia que corta o Estado de São Paulo e que se conecta com a Malha Norte que chega a Rondonópolis.

A prorrogação é considerada primordial para assegurar os investimentos que possibilitem a chegada dos trilhos da Ferronorte na capital. A ideia da companhia é investir R$ 5 bilhões adicionais na linha, que vai do porto de Santos até Rondonópolis, para reabrir antigos ramais, aumentar a eficiência para receber cargas adicionais do Centro-Oeste e melhorar o acesso à Baixada Santista, entre outras medidas.

Após estes investimentos na malha antiga e com a renovação da concessão, a empresa deverá investir na Ferronorte cerca de R$ 1,36 bilhão no trecho de 260 km entre Rondonópolis e Cuiabá. Isto será possível após a edição da Medida Provisória 752/2016, que visa estimular as concessões no país e, entre as ações, prevê a antecipação dos contratos de concessões de ferrovias e a destinação de investimentos na própria malha ou naquelas de interesse da administração pública.

No evento estarão o consultor e ex-secretário municipal de Transportes de São Paulo, Frederico Bussinger, que fará palestra sobre os desafios das ferrovias brasileiras. O tema também será debatido pelo secretário estadual de Infraestrutura de Mato Grosso, Marcelo Duarte; o diretor do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz Ferreira; o presidente da Fórum Pró-Ferrovia, Francisco Vuolo; e o presidente da Aprosoja-MT, Endrigo Dalcin.]

Fonte: Da Redação

[pro_ad_display_adzone id="9377"]