Infra
Bic Banner

Governador recebe propostas do Trade Turístico para fortalecer setor

Fonte: Da Redação
0
Views:
25

Durante reunião realizada nesta terça-feira (27.07), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, o governador Pedro Taques recebeu, dos representantes do Trade Turístico de Mato Grosso, um documento contendo reivindicações para o setor.

Entre as solicitações que integram a lista estão a implantação do Conselho Estadual de Turismo, apoio à promoção e divulgação dos atrativos turísticos mato-grossenses, criação de um calendário de eventos que fomentem o turismo, apoio para a realização da Feira Internacional de Turismo (FIT) Pantanal de 2018, elaboração e execução de projetos de capacitação profissional, investimento em infraestrutura e regulamentação do Fundo Estadual de Turismo.

As propostas foram elaboradas por diversas instituições públicas e privadas de Mato Grosso que atuam no segmento do turismo de forma direta e indireta, dentre elas, a Assembleia Legislativa (ALMT), a Prefeitura Municipal de Cuiabá, as Associações Brasileiras das Agências de Viagens (Abav-MT), de Hotéis, de Bares e Restaurantes, de Locadoras de Automóveis, a Confederação Nacional do Turismo, os Sindicatos dos Guias de Turismo, das Empresas de Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo, o Sindicato das Empresas de Eventos e Afins de Mato Grosso (Sindieventos), Fundação Pantanal Convention Bureau e a Associação Pró-Desenvolvimento de Chapada dos Guimarães.

Um dos interlocutores, Jaime Okamura, começou falando sobre a situação fragilizada em que a Copa do Mundo deixou a cidade, que recebeu muitos investimentos e apostas que alavancariam o setor. Mas, segundo ele, a realidade foi outra, tendo em vista que muitos hotéis fecharam e outros estabelecimentos não resistiram.

“Queremos fortalecer o turismo em Mato Grosso e, para isso, precisamos do apoio e da atenção do governador com as questões aqui levantadas. Todos que representam o grupo acreditam que essas ações pontuais em médio e longo prazos poderão mudar o cenário para melhor, possibilitando que o turismo possa realmente ocupar o espaço que merece no desenvolvimento econômico e social do Estado, que tem muito potencial para crescer”, pontuou.

O governador se pronunciou lembrando que o turismo, mesmo enfrentando dificuldades, avançou muito na atual gestão. Para ele, isso demonstra que o Governo enxerga o segmento como uma das forças-motrizes que podem impulsionar Mato Grosso. “Basta vermos todos os projetos de infraestrutura tocados pelo Prodestur (Programa de Desenvolvimento Sustentável de Turismo) que está mudando a realidade em muitos municípios do interior e na região metropolitana”.

Pedro Taques também ressaltou as ações que buscam incentivar o transporte aéreo. “Temos também o Aeroporto Marechal Rondon, que está com 97% das obras concluídas, o programa Voe MT que atraiu companhias e novas linhas aéreas regionais. Outra boa notícia é que assinarei, em breve, o decreto que homologa a criação do Conselho Estadual de Turismo de Mato Grosso, de forma a permitir que tenhamos um grupo pensando somente em como melhorar esse setor específico”, frisou.

O governador anunciou que um dos pontos mais importantes para o turismo estadual, a cidade de Chapada dos Guimarães, terá o antigo problema de abastecimento de água resolvido. “Como podemos atrair turistas sem água? Não é possível oferecer qualidade sem essa questão básica, por isso, depois de 150 anos enfrentando esse problema seríssimo, instalaremos um novo sistema, e, assim, poderemos atrair mais e mais visitantes da forma como merecem, inclusive voltando a realizar grandes eventos no local, para fomentar ainda mais o turismo”.

Para o secretário-adjunto de Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Luis Carlos Nigro, o momento é desafiador, pois, com a delicada situação política pela qual o Brasil passa, cabe aos gestores públicos, empresários e sociedade unirem forças em prol do crescimento das regiões, buscando soluções estratégicas para melhorar o futuro. “Apesar dos recursos mais escassos, continuamos nos mobilizando para fazer a nossa parte. Mesmo apoiando o Trade, hoje estou do outro lado, e posso dizer que o turismo tem sido priorizado pelo governador, tanto que ele nos recebeu para essa conversa e para ouvir de cada um as sugestões para melhorar o segmento”, ressaltou.

Os trabalhos propostos no documento serão norteados pelo consenso entre os atores do turismo e o alinhamento com os poderes públicos em todas as esferas, e com a agenda proposta pelo Ministério do Turismo e pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

Infra
Bic Banner