Infra
Bic Banner

Governo inicia duplicação da Estrada da Guia e trincheira de 365 metros

Fonte: Cuiabá 300
0
Views:
5

O governador Pedro Taques autorizou a duplicação de 4,9 quilômetros da rodovia Arquiteto Helder Cândia (MT-010), popularmente conhecida como ‘Estrada da Guia’. A obra, orçada em mais de R$ 30 milhões, é esperada há muitos anos pela população da Baixada Cuiabana.

Taques também lançou a construção de uma trincheira de 365 metros, no entroncamento da MT-010 com a MT-251 (Rodovia Emanuel Pinheiro), ao custo de R$ 25 milhões oriundos do Pró-Turismo, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). As duas obras vão custar R$ 55 milhões.  

Durante a cerimônia, realizada na tarde desta quarta-feira (01.02), o chefe do Executivo Estadual ressaltou a importância de a atual gestão executar, simultaneamente, três duplicações inéditas de rodovias da região metropolitana de Cuiabá. Todas as obras são tocadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT).

Com a presença de autoridades do Estado, como secretários, deputados, vereadores, prefeitos, lideranças políticas, e moradores, as obras de duplicação e construção da trincheira que liga as rodovias MT-251 e MT-010, foram lançadas com a previsão de serem entregues até o final de 2018.

O governador frisou a importância das obras anunciadas, que fazem parte do programa Pró-Estradas, da Sinfra-MT. Ele ainda ressaltou o avanço do setor turístico de Mato Grosso. “Nós vamos fazer quatro mil quilômetros de estradas em quatro anos. Já fizemos 1.430 em apenas dois anos de gestão, e isso é resultado do trabalho em conjunto entre todas as secretarias de Governo. Vamos transformar as potências turísticas de Mato Grosso, o que é um sonho para todos os moradores da região”, disse.

O titular da Sinfra, Marcelo Duarte, falou sobre as dificuldades em lançar a obra, uma vez que devido a ações judiciais, o início dos trabalhos teve que ser adiado. “A duplicação finalmente vai sair do papel. Teve uma enxurrada de ações judiciais, 21 empresas se apresentaram dispostas a tocar os trabalhos, e uma série de obstáculos que tivemos que superar. Tivemos que ser firmes em desclassificar empresas que não apresentavam condições suficientes de fazer esta obra. Agora, vamos executar a obra dentro do prazo e na qualidade que a população exige”.

Governo e Prefeitura

O evento de lançamento das obras contou com a presença do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro. Na ocasião, ele exaltou a parceria entre a Prefeitura da cidade e o Governo do Estado para melhor atender a população.

“Apesar das diferenças políticas, Cuiabá fala mais alto. Vamos criar uma ponte entre o Palácio Alencastro e o Palácio Paiaguás. Eu parabenizo por esta obra, que vai mudar muito a vida do povo cuiabano. Quero estar ao lado deste Governo, ao lado de toda a equipe para, juntos, revolucionarmos Cuiabá nos 300 anos. Conte com o nosso apoio”.

Pinheiro ainda ressaltou a importante parceria entre a Sinfra e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), para garantir a segurança e o fluxo de carros na região.

Estrada da Guia

A duplicação dos 4,9 quilômetros entre Cuiabá e o trevo de acesso ao Rodoanel conta com as mesmas proporções das obras que já vêm sendo executadas na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), conhecida também como ‘Estrada de Chapada’. A pista vai ter uma concepção moderna de engenharia, com previsão de construção de rotatórias e uma ciclovia no canteiro central. A obra deve ser finalizada no final de 2018.

A região é uma das que mais crescem em Cuiabá. Serão investidos mais de R$ 30 milhões em recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Público (CIDE), do Governo Federal. A Estrada da Guia será duplicada entre o entroncamento com a Rodovia Emanuel Pinheiro e o trevo de acesso ao Rodoanel, que também terá a obra licitada em 2017.

A primeira fase de obras consiste em executar a recuperação funcional do atual pavimento da rodovia, que há muitos anos não recebia a manutenção devida. Em paralelo, será executada a duplicação no sentido Rodoanel-Cuiabá.

Interdições parciais

Segundo o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte, assim como a MT-251, a prioridade é efetuar interdições parciais que causem menor impacto na vida do cidadão. Isso será feito ao longo do andamento da obra.  

“Embora sejam duas obras [duplicação da MT-010 e trincheira] de grandes proporções, estamos trabalhando para que o trecho não seja completamente interditado. Entendemos que as rotas são de grande fluxo de carros e, por isso, promovemos a construção da trincheira para atender a demanda das rodovias”, disse.

Nesta gestão, a Sinfra também executou a revitalização de outros 70 km da rodovia Helder Cândia, até a cidade de Rosário Oeste.

Trincheira moderna

O Governo do Estado também inicia a construção de uma trincheira de 365 metros de comprimento, com 7.311 m², no entroncamento da “Estrada da Guia” com a "Estrada da Chapada".

A trincheira vai desafogar o trânsito no local, que é uma das principais saídas da Capital para a região Norte do estado. Serão investidos mais de R$ 25 milhões na obra, com previsão de entrega também para o final de 2018. Os recursos são do Pró-Turismo, programa gerido pela Sedec-MT.

Infra
Bic Banner