Infra
Bic Banner

Imagens em 3D mostram futura trincheira de 365 metros

Fonte: Cuiabá 300
0
Views:
10

Imagens em 3D divulgadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra) mostram como ficará, depois de pronta, a trincheira de 365 metros de comprimento que será construída no entroncamento das rodovias Helder Cândia (MT-010) e Emanuel Pinheiro (MT-251), nas saídas que dão acesso ao Distrito da Guia e a cidade turística de Chapada dos Guimarães, respectivamente. Nesta semana, as primeiras máquinas começaram os serviços iniciais de limpeza da vegetação e aterramento das margens.

A trincheira vai desafogar o trânsito no local, que é uma das principais saídas da Capital para a região Norte do Estado. As obras serão executadas por meio da Sinfra. Serão investidos mais de R$ 25 milhões na obra, com previsão de entrega também para o final de 2018. Os recursos para esta trincheira são do Pró-Turismo, programa gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT).

Paralelo à obra da trincheira, também começaram as obras de duplicação de 4,9 km da ‘Estrada da Guia’. Nesta primeira etapa, a Sinfra tem executado a reconstrução da atual pista localizada no perímetro urbano de Cuiabá, e também a limpeza das margens da via.

Duplicações inéditas

Com o início de mais esta obra, todas as saídas estaduais da Capital estão sendo duplicadas simultaneamente. Um feito inédito da atual administração do Governo do Estado, e que atende a antigas reivindicações da população mato-grossense. O ritmo das obras deve ser intensificado com o fim do período chuvoso no Estado, que este ano foi castigado por intensas chuvas.

Segundo informações repassadas pela Sinfra, a duplicação segue o mesmo conceito da que vem sendo executada nos 3,6 km da Estrada da Chapada (MT-251), do entroncamento com a MT-010 (Atacadão) ao trevo de acesso ao bairro Jardim Vitória (Fundação Bradesco). Orçada em pouco mais de R$ 30 milhões em recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), a expectativa da Sinfra é concluir a obra até o final de 2018.

Em ambos os casos, serão duas pistas com três faixas de rolamento com 3,5 metros de largura, ciclovia localizada no canteiro central e cinco metros de calçada em cada lado da via. Além disso, serão construídas rotatórias para melhorar o trânsito nestes locais. 

“A duplicação da Estrada da Guia vai melhorar o acesso a bairros como Ribeirão do Lipa, Jardim Ubirajara e Despraiado, além de cidades como Acorizal, Jangada, Rosário Oeste, entre outras do Norte do Estado”, disse o secretário adjunto da Sinfra, Marcos Catalano.

Estrada da Chapada

Na Estrada da Chapada, a Sinfra vai intensificar em 2017 o ritmo das obras de duplicação ao final do período de chuvas. Nesta semana, começou a ser construída mais uma rotatória próximo à Fundação Bradesco. 

“O motorista deve redobrar a atenção ao trafegar na MT-251, especialmente no trecho em obras localizado no perímetro urbano de Cuiabá. Em algumas situações o maquinário, tem que adentrar à rodovia”, alertou o superintendente de Obras da Sinfra, Diogo Menezes. Ao todo, serão quatro rotatórias ao longo deste trecho que esta sendo duplicado. A obra toda deve custar mais de R$ 23 milhões em recursos da Cide.

Estrada de Santo Antônio

O Governo do Estado também tem duplicado a Rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que dá acesso ao município de Santo Antônio de Leverger, mais uma reivindicação antiga da população que finalmente é tirada do papel. A obra ficou paralisada por muitos anos e foi retomada na atual gestão. A Sinfra trabalha para que toda a obra seja concluída até o final de 2017. Neste momento, estão sendo executados os serviços de drenagem das águas pluviais próximo ao município de Santo Antônio.

A obra corresponde a 23,16 quilômetros de duplicação, que vai do Cemitério Parque Bom Jesus até a entrada do município. Além disso, está sendo recuperada a pista antiga, que se encontrava totalmente esburacada devido à má conservação de gestões anteriores. As obras de duplicação e de recuperação a pista atual estão avançando. A expectativa é que toda a duplicação, de R$ 21 milhões, seja finalizada em dezembro de 2017.

Estas obras fazem parte do programa Pró-Estradas Vale do Rio Cuiabá, um pacote de 66 intervenções em rodovias estaduais, com previsão para quatro anos, de investimento superior a R$ 1 bilhão oriundos de diversas fontes de recursos. As ações vão impactar diretamente a vida de 900 mil habitantes de 13 municípios.

Infra
Bic Banner