Infra
Bic Banner

Mato Grosso foi destaque no cenário nacional de inovação

Fonte:
0
Views:
0

A atuação do Governo do Estado rendeu elogios a Mato Grosso de representantes do cenário nacional de inovação e empreendedorismo. Neste ano, Cuiabá subiu quatro posições no ranking dos ambientes mais empreendedores do Brasil, segundo o relatório do Índice das Cidades Empreendedoras (ICE), da Endeavor.

O estudo comparou o ambiente de negócios de 32 cidades, de 22 estados, que juntas representam mais de 40% das Scale-ups do País e cerca de 40% do PIB nacional. As inciativas do Executivo para incentivar o desenvolvimento do ecossistema local de inovação e empreendedorismo também foram enfatizadas no ICE 2016.

Conforme a análise, nos últimos cinco anos e em toda a região Centro-Oeste foram registrados somente seis investimentos de Venture Capital (um a menos que o registrado no ICE 2015), e outros nove pela indústria de Private Equity. Destes, quatro aconteceram em Cuiabá, todos contabilizados neste ano, levando a capital mato-grossense à sexta posição na comparação proporcional.

Gigante da Internet

Mesmo distante dos grandes centros econômicos do País o potencial inovador do Estado também foi lembrado pela multinacional Google. Em junho, o Governo e seus parceiros, Sebrae e a comunidade local Startup MT, lançaram o primeiro programa de mentoria continuada e gratuita em empreendedorismo e inovação de Mato Grosso, o MT Stars.

À época o diretor do Google Campus São Paulo e líder do Google para empreendedores no Brasil, André Barrence, disse ser um privilégio contribuir com o movimento de fortalecimento dos agentes e das comunidades do ecossistema de Mato Grosso.

“Para mim é um privilégio de alguma forma contribuir com esse movimento super bacana que está acontecendo em diversos lugares do Brasil e também no Centro-Oeste do País, em Mato Grosso, onde vocês estão construindo uma comunidade inovadora que é, o que a gente acredita, o mais importante para que cada vez mais startups surjam e tenham sucesso aqui no Brasil”, afirmou ao acrescentar que o Governo de Mato Grosso pode contar com o Google na missão de fortalecer o ecossistema empreendedor no Centro-Oeste.

 

Iniciativa aprovada

O programa teve alto índice de aprovação entre os participantes. Nove entre 10 inscritos disseram que indicariam o MT Stars para outras pessoas. Nas três edições realizadas mais de 400 empreendedores se inscreveram, mais de 30 mentores foram envolvidos, mais de 220 desafios orientados, que totalizaram mais de 110 horas de mentorias.

Com a mesma modelagem do projeto Tech Sampa, da Prefeitura de São Paulo, que oferece mentoria gratuita para empreendedores digitais, localmente o programa tem como foco, além das startups, o empreendedorismo e a inovação.

Voltado para o servidor

Superando os números das edições anteriores do GovLab Experience, o Governo de Mato Grosso teve a indicação de 20 servidores empreendedores para o “hall da fama”, uma maneira simbólica de homenagear aquelas pessoas que buscam inovar na administração pública. Entre as referências apontadas, oito servidores do Estado passaram a integrar o quadro nacional de servidores empreendedores.

Das seis edições promovidas neste ano nas principais capitais do País, a que ocorreu em Cuiabá, em outubro, foi a que mais recebeu pedidos de inscrições. O GovLab Experience reuniu 140 servidores interessados na experiência de debater a inserção da inovação na administração pública.

A iniciativa foi promovida por meio da parceria entre o Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE) e as Secretarias de Planejamento (Seplan-MT) e de Gestão (Seges-MT).

 

Hackers

Programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento também se reuniram em 2016 para uma intensa jornada de 54 horas de programação. Foi proposto aos participantes o desenvolvimento de soluções práticas para problemas comuns da população nas áreas da saúde, educação, segurança pública e comunicação com o Governo.

O encontro hacker aconteceu com o apoio do Executivo mato-grossense, por meio do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE), da Secretaria de Planejamento (Seplan) e da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI), unidade vinculada à pasta de planejamento.

O evento foi idealizado pela comunidade de Desenvolvedores de Mato Grosso (DevMT) e uma nova ferramenta de combate ao mosquito Aedes aegypti foi a grande vencedora do primeiro Hackathon do Estado. A dona da ideia campeã foi a equipe “Map Zii”.

Incentivando boas ideias

A Arena Pantanal foi o ponto de encontro das principais mentes do ecossistema de startups do Brasil. Pela segunda vez, Mato Grosso foi sede do maior evento de startups do mundo: o Startup Weekend Cuiabá – Smart Cities. Durante as 54 horas de imersão para a produção das startups, os participantes foram auxiliados por mentores com experiência em diversas áreas.

Cerca de 100 pessoas, entre programadores, designers e empreendedores participaram desta edição que teve a multinacional da tecnologia Google como um de seus idealizadores. Além de participantes de Cuiabá, representantes de Sinop, Barra do Bugres, e Rondonópolis apresentaram seus projetos.

Mais de 420 pessoas foram diretamente impactadas pelas edições do evento que também aconteceram com o apoio do Governo em Rondonópolis e Sinop. Ao todo, 48 startups foram criadas e ajudaram a movimentar o cenário local de inovação.

Infra
Bic Banner