Transporte

MT e universidade americana iniciam parceria

Fonte: Da Redação
0
Views:
0

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) abriu caminho para firmar parceria de trabalho com a Iowa State University. A agenda da comitiva mato-grossense se concentrou em Ames, nesta quinta-feira (18.05). Na oportunidade, a reitora da Unemat, Ana Maria di Renzo, apresentou a instituição aos americanos e conheceu mais profundamente os cursos de Agronomia e Ciências da Vida da instituição.

Este foi o primeiro passo para uma parceria de atuação conjunta entre as duas universidades. Segundo a reitora da Unemat, foi possível compreender como os cursos estabelecem um contato próximo com os produtores e com o Governo. “A universidade é altamente conectada com as demandas do Estado de Iowa. Por isso, eles canalizam e verticalizam suas pesquisas na busca de melhoria para o próprio estado”, afirmou, ao fim da reunião.

Ela destacou que a viagem suscitou na Unemat a vontade e o entusiasmo de conclamar todos os pesquisadores da área de agricultura para que possam sentar com o setor produtivo e pensar o que o estado de Mato Grosso precisa. Com isso, será montada uma proposta alternativa de montagem de um curso que a região mais produtiva do estado necessita. Em seguida, a ideia é firmar uma parceria mais efetiva com a universidade estadual de Iowa.

“Dessa forma, podemos trazer para cá (Iowa), em missão, pesquisadores e levar pesquisadores para lá (Mato Grosso). Esta é a proposta que vou construir com o curso de Agronomia de Mato Grosso e levar como uma política de Estado, para que o Governo possa firmar os acordos necessários com as companhias e empresas. Dessa forma, nós conseguimos aumentar nossa produtividade e ganhar mais espaço comercial”, disse Ana Maria di Renzo.

A reitora acredita que os primeiros intercâmbios possam ocorrer ainda neste ano, e convidou a universidade americana para acompanhar a Jornada Científica, que ocorrerá em outubro deste ano, em Cuiabá. Na ocasião, ela acredita que alunos da Unemat possam ser recrutados para estudar um período em Iowa. Esse convite também já foi feito ao presidente da universidade de Iowa, Benjamin Allen.

A diretora de alunos internacionais, da parte de admissões da Iowa State University, Luisa Orticelli-Pinto, afirmou que a universidade tem interesse em receber acadêmicos do Brasil. Brasileira, residente em Iowa há mais de 20 anos, ela explicou que quando chegou ao estado norte-americano, o Brasil não era tão conhecido pela população local. “É uma honra não só ver esse convênio, mas ver os americanos valorizarem o Brasil e a parte de agricultura do nosso país, nós sabemos que é muito forte, mas isso nunca tinha chego aos ouvidos de Iowa. Então, essas conexões são importantes para trazer o Brasil para os Estados Unidos e mostrar que temos muita competência e que somos líderes nesta área de agricultura”, afirmou.

Segundo ela, hoje a Iowa State University tem um forte convênio com a Pontifícia Universidade Católica (PUC). A instituição quer crescer na parceria com universidades do Brasil, principalmente nos cursos de Agronomia e Engenharia. “É o início de uma enorme parceria”, definiu a diretora.

A Iowa State University é uma universidade pública, que foi fundada em 1858, tendo a primeira classe no ano de 1869. Conta com 36.660 alunos atualmente.  

Transporte