Infra
Bic Banner

MT terá R$ 600 milhões para pavimentar rodovias

Fonte:
0
Views:
3

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) diminuiu o montante de recursos que deverá ser liberado ao Governo de Mato Grosso para a construção e recuperação de estradas e pontes de concreto, o Pró-Estradas. Se antes havia a previsão de liberação de R$ 720 milhões a serem investidos no programa, a expectativa é que sejam transferidos ao Estado aproximadamente R$ 600 milhões. 

A gestão ainda aguarda a autorização por escrito para concretizar a operação de crédito.

De acordo com o secretário de Fazenda, Seneri Paludo, a STN já deu o aval para a realização da operação de crédito. No entanto, a autorização consiste em um acordo verbal. “Estamos esperando uma autorização por escrito, já fazendo alguns ajustes no processo e teremos acesso a R$ 600 milhões”.

Desde que tomou posse, o governador Pedro Taques (PSDB) tem buscado os recursos para a implementação do programa. No entanto, as crises política e econômica, adiaram o andamento do processo. Isso porque a União passou a barrar novas operações de crédito das unidades da federação, mesmo aquelas que possuíam margem de investimento, caso de Mato Grosso. 

A sinalização das liberações passou a ocorrer apenas em meados de 2016, mas até o momento os empréstimos não foram concretizados.

Mesmo com tais adversidades, a atual gestão conseguiu manter o programa em andamento. No último dia 25, a Secretaria de Estado de Infraestrutura anunciou a conclusão de 1.200 km de asfalto em rodovias, entre obras de pavimentação e reconstrução do antigo pavimento deteriorado. 

O resultado, obtido em menos de 20 meses da atual gestão, é superior ao período de 2011 a 2014 quando foram feitos 886 km. “É importante compararmos com o que o governo passado fez em cinco anos de gestão. Há uma grande diferença. Em 1 ano e dez meses nós fizemos 1.200 km de asfalto, entre construção e reconstrução. Enquanto isso, a gestão anterior fez 890 km de asfalto em cinco anos. É muita diferença”, destacou o governador Pedro Taques (PSDB), que tem cobrado a liberação em diversas oportunidades.

Infra
Bic Banner