Infra
Bic Banner

Na TV, Taques garante R$ 97 milhões para concluir Rodoanel

Fonte: Folhamax
0
Views:
3

O governador Pedro Taques garantiu recursos da ordem de R$ 97 milhões para a retomada e conclusão das obras do Contorno Norte Cuiabá-Várzea Grande, conhecido como "Rodoanel". A afirmação foi feita durante o programa eleitoral do candidato a prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), desta quarta-feira (21).

Wilson foi quem idealizou e iniciou a obra do Rodoanel, quando prefeito da Capital. “Esta é uma via estruturante, que diminuirá o tráfego de caminhões em avenidas importantes, como a Miguel Sutil e a Fernando Correa, sendo uma alternativa à Rodovia dos Imigrantes. O Estado entende a importância do Rodoanel e garantirá os recursos para que ele seja finalizado”, disse Pedro Taques.

Para Selma Benta Hose, o Rodoanel vai diminuir o tempo de permanência na estrada até o destino final. “Será muito melhor para mim e todos os comerciantes da região”, comentou.

A advogada Eliane Mendes Affi contou que passa pelo Rodoanel toda a semana. “Ele vai permitir que cortemos o tráfego intenso do Centro de Cuiabá”, falou.

Wilson Santos explicou que a via terá 52 quilômetros, ligando a BR-364, na altura da loja Sinuelo, à Passagem da Conceição, em Várzea Grande. “Não há impedimentos jurídicos para a retomada das obras do Rodoanel, projeto planejado e iniciado durante minha gestão como prefeito”, afirmou.

Conforme José Antônio Rosa, ex-procurador-geral do Município, as obras foram paralisadas inicialmente pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, por problemas ambientais, após a retirada de árvores do local. “Foram retiradas as espécimes que estavam no trecho, mas elas foram replantadas. Tivemos o cuidado com pequenos animais e insetos, de forma a fazer com que eles fossem migrando para outros lugares. Ao mesmo tempo, verificamos se havia algum sítio arqueológico. Tudo isso foi feito e pudemos retomar as obras”, explicou José Rosa.

A Prefeitura de Cuiabá deu início às obras após aprovação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, mas a empresa contratada pediu a revisão dos valores, não autorizada pelo órgão, que solicitou uma auditoria ao Exército. “Os técnicos e engenheiros da prefeitura não acompanharam a fiscalização e o Exército fez um levantamento da Rodovia do Sucuri até a Rodovia de Chapada. No entanto, uma parte do projeto ficou sem a medição, que é a parte depois da rodovia de Chapada, de três a quatro quilômetros, em que foi feita a base, que a própria perícia concluiu que está dentro da margem de 10 centímetros de altura”, afirmou o ex-procurador.

Ele argumenta ser necessária uma nova perícia, que deverá regularizar a retomada das obras. “Faremos esse pedido, para que o Rodoanel possa ser concluído, sobretudo agora que temos a garantiu de uma parceria com o Governo do Estado”, finalizou José Rosa.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, licitação mal feita e cheia de irregularidades feita pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) foi o maior empecilho para que as obras do Rodoanel pudessem ser retomadas e a tornaram alvo de questionamentos pelo Tribunal de Contas da União.

Ainda segundo ele, as obras estão em fase licitatória e todas as pendências junto ao TCU e ao Dnit já foram sanadas.

 

Infra
Bic Banner