[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Obras de revitalização da Salgadeira devem ser entregues em março

Fonte:
0

As obras de revitalização do balneário Salgadeira, entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães, serão inauguradas no mês de março deste ano. O projeto foi elaborado para ser entregue antes da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

“A obra está a todo valor. A empresa que venceu a licitação e é responsável pelo projeto tem tocado a obra em um ritmo acelerado. Acredito que até março estaremos inaugurando a nova Salgadeira”, explicou o secretário adjunto de turismo, Luis Carlos Nigro.

A secretaria e o Ministério Público Estadual (MPE) firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em julho para início das obras em até 2 meses e conclusão em 180 dias. Tido como um dos principais pontos turísticos da região, o local está fechado há oito anos.

“Só se acontecer algum imprevisto, mas queremos entregar a obra até março”, frisa.

Além de terminar a obra no balneário, o Governo pretende investir mais no turismo local e na divulgação dos potenciais mato-grossenses no intuito de mostrar o estado ao mundo e mudar  a má imagem que ficou de Mato Grosso com tantas obras inacabadas.

“Estamos trabalhando em parceria com as cidades de Mato Grosso para divulgar os atrativos turísticos. Realizamos os fan press com a imprensa local e queremos também convidar jornalistas de fora para conhecerem o estado. Estamos trabalhando também com fan tour no qual levamos os agentes de viagens para esses locais”, informa.

Os passeios citados pelo secretário são promovidos durante a Feira Internacional do Pantanal (FIT), que ocorre no mês de maio e nos quais devem participar jornalistas nacionais e internacionais.

A salgadeira

O Complexo Turístico da Salgadeira tem área total de 72,4 mil metros quadrados. O projeto prevê estacionamento, guarita, posto policial, locais para instalação de lojas, restaurantes, centro dedicado ao turista, espaços para trilhas e passeios, e adutora e coletor para tratamento de esgoto.

O local foi interditado em 2010 por determinação judicial, devido à detecção de vários problemas ambientais, como a disposição de resíduos a céu aberto causados pela ocupação e uso irregular do espaço ao longo dos anos.

As obras de revitalização da Salgadeira foram iniciadas em 2014, com previsão de entrega até a Copa do Mundo e paralisadas devido a inconsistências de projeto. Foram retomadas em 2016, mas paradas novamente devido ao término do contrato.

Fonte: Hipernotícias

[pro_ad_display_adzone id="9377"]