[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Pedro Taques consegue compromisso para trazer ferrovia a Cuiabá

Fonte:
0

O governador Pedro Taques esteve reunido nesta sexta-feira (28.10), em São Paulo, com a diretoria do Grupo Cosan, concessionária da Ferronorte, para articular a expansão da ferrovia, chegando a Cuiabá. O presidente da empresa deu a sinalização positiva para o governador, afirmando que irá analisar os estudos do traçado levando em consideração o pleito do Governo de Mato Grosso. 

O diretor presidente da Cosan, Marcos Lutz, ressaltou o empenho do governador para que o projeto saia do papel e afirmou que o Grupo irá analisar com atenção a demanda, levando em consideração o pleito histórico para que Cuiabá esteja na área de abrangência dos trilhos. 

"Vamos estudar as alternativas  para atender o pedido do governador em expandir o ramal para Cuiabá. Vemos muito valor naquela região e vamos seguir trabalhando junto com o Governo de Mato Grosso para dar continuidade ao projeto de expansão da ferrovia", afirmou Lutz. 

A estratégia do Governo é auxiliar no que for possível a empresa, atuando em parceria e criando condições para que o projeto de expansão avance. Atualmente, os trilhos chegam até a cidade de Rondonópolis, saindo do Porto de Santos. Os trilhos vão facilitar o escoamento da produção de Mato Grosso, maior produtor de grãoS do país. 

Este é o terceiro encontro do ano do governador Pedro Taques com Grupo Cosan, que esteve em Cuiabá em maio deste ano para tratar do andamento do projeto de expansão do ramal da ferrovia. 

O governador Pedro Taques lembrou que desde 1974 os cuiabanos e mato-grossenses trabalham e esperam ver concretizado esse projeto que irá trazer mais oportunidades de emprego e renda para a região. "O povo cuiabano espera pela concretização deste projeto há décadas. E ele certamente trará benefícios  econômicos para o Estado e para a região do Vale do Rio Cuiabá. Cabe a mim como governador criar condições e ambiente negocial favorável pra que o projeto avance com mais celeridade. Somos entusiastas e colaboradores deste projeto". 

O secretário de Infraestrutura do Governo de Mato Grosso, Marcelo Duarte, ressaltou que o Governo trabalha com o projeto de multimodais para Mato Grosso. "Já construímos e reconstruímos 1.200 km de estradas, mas também estamos focando em projetos estratégicos, como as ferrovias. Com novos modais, garantimos também mais qualidade e segurança nas estradas, além do barateamento do frete", pontuou Marcelo. 

O presidente e proprietário da Cosan, Rubens Ometto também fez questão de participar do encontro com o governador.

A Ferrovia

O terminal intermodal de cargas de Rondonópolis foi inaugurado em setembro de 2013. Existem outros três terminais: Alto Taquari, Alto Araguaia e Itiquira. Esta é a única ferrovia de Mato Grosso. Atualmente, a malha ferroviária de Santos a Rondonópolis, transporta cerca de 30 milhões toneladas de produção. Com o projeto de modernização e expansão da malha, a meta é chegar a 75 milhões toneladas. 

[pro_ad_display_adzone id="9377"]