[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Potencial turístico de MT desperta interesse de canadenses

Fonte:
0

A 2ª edição do MT World Show, evento técnico organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e MT Fomento para ampliar relações comerciais e fortalecer o comércio bilateral com diversos países, teve como foco o Canadá e as áreas de mineração e turismo.

Considerado pela atual gestão estadual mato-grossense como um dos principais segmentos econômicos, o turismo foi apresentado aos integrantes da Câmara de Comércio Brasil Canadá. O secretário adjunto de Turismo, Luis Carlos Nigro fez um relato do potencial de Mato Grosso e destacou a necessidade de planejamento. O evento foi realizado no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

“Teve um período no Brasil que queriam separar o nordeste do resto do país, pois acreditavam que aquela região só tinha seca e pobreza. Hoje, a realidade é bem diferente, e muito disso graças ao turismo que se tornou o principal motor de engrenagem que transformou o nordeste em uma potência que gera renda e emprego e vem se desenvolvendo a passos largos. Com isso, podemos concluir que, por tudo o que Mato Grosso possui, também é possível fazer do turismo um pilar de desenvolvimento econômico. Precisamos fortalecer nesse sentido”, lembrou Nigro.

O coordenador de Pesquisa e Planejamento de Turismo, Diego Augusto apresentou um panorama do turismo no Estado com dados técnicos coletados por meio de pesquisas e análises que revelam um perfil dos resultados das ações que estão sendo desenvolvidas pelo Governo na área.

Por entender que o turismo deve ser pensado de forma regional, que leva em conta todos os segmentos, a gestão pública vem realizando diversas ações para fortalecer o Estado, como obras de infraestrutura que proporcionam acesso a locais turísticos e programas de incentivo à aviação regional e linhas de crédito para o setor. Nigro destacou o programa ‘Voe MT’, que dá incentivos fiscais para companhias aéreas que queiram operar no Estado. Como resultado, o secretário observou que a Azul Linhas Aéreas vem investindo fortemente e o estado figura como o 3º maior HUB regional da companhia no Brasil.

Turismo Canadá

A Câmara de Comércio Brasil-Canadá há mais de quatro décadas tem como uma das principais missões viabilizar investimentos e parcerias entre os dois países, fazendo uma consultoria de negócios completa.

“Agora já sei qual será o meu próximo destino nas férias: Mato Grosso. Estou impressionado com o que vi .São belezas de tirar o fôlego mas ainda são muito pouco conhecidas do público de fora”, destacou o diretor de Relações Institucionais da Câmara, Paulo de Castro Reis.

Para se ter uma noção de como o país está em franca expansão comercial, mesmo com uma população de 36 milhões de pessoas, o Canadá importa mais que a China, que tem quase 2 bilhões de habitantes. E os canadenses mostram, em números, porque são um dos povos que mais viajam no mundo. De acordo com o perfil mostrado durante o evento, em 2015 foram registradas 30 milhões de viagens internacionais a lazer, o quer faz com que cerca de 90% da população esteja incluída, sem contar com as viagens por motivos de negócios, que podem aumentar ainda mais esses dados.

Na lista de lugares mais procurados pelos canadenses estão os Estados Unidos, e, o que chamou a atenção é que o Brasil não aparece na lista. “Isso é resultado da pouca divulgação que o país faz. O turista canadense é aventureiro. Eles buscam viver experiências, águas e clima quentes, pé na areia, contato com a natureza e também esportes de aventura e querem destinos que não precisem gastar muito. O Brasil e, sobretudo Mato Grosso, podem proporcionar tudo isso e muito mais, porém deve existir mais divulgação, mostrar ao Canadá o que eles podem vivenciar aqui”, pontuou o diretor.

Para finalizar, Paulo Castro sugeriu que sejam planejadas algumas ações estratégicas para aproximar Mato Grosso e o Canadá tanto do ponto de vista do turismo de passageiros, quanto de produtos, pois como é um país que importa muito, necessita que as cargas cheguem de forma mais rápida e com qualidade, o que faz de Mato Grosso um propenso alvo já que é um dos maiores produtores de commodities como carne, milho, soja e algodão.

“Uma das ideias é realizamos uma espécie de road show para apresentar as potencialidades de Mato Grosso aos operadores de viagens, ao trade turístico e aos investidores”, comentou o diretor da Câmara de Comércio.

Ao final do painel foi assinado um Termo de Compromisso para o desenvolvimento de ações de turismo entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, MT Fomento e Câmara de Comércio Brasil-Canadá.

[pro_ad_display_adzone id="9377"]