[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Prefeitura e Ministério do Turismo dialogam sobre investimentos na Capital

Fonte: Cuiabá 300
0

O prefeito Emanuel Pinheiro e a secretária nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, do Ministério do Turismo, Teté Bezerra, dialogaram sobre possíveis investimentos no ramo da Capital. O encontro, que aconteceu nesta sexta-feira (03), também contou com a presença do secretário-adjunto de Turismo do município, Marcus Fabrício.  

Ao longo do encontro, o gestor falou sobre o potencial turístico que Cuiabá possui, salientando a importância do município em atuar com o foco mais direcionado para a questão, tornando a cidade uma referência neste ramo. Segundo Pinheiro, é importante movimentar esta esfera, trazendo eventos de todas as naturezas que exerçam o papel de indutores do turismo local.  

“Tudo que planejamos na gestão pública almeja o futuro promissor da nossa Capital e não podemos pensar em seus 300 anos sem trabalhar o turismo na região. Queremos investir no Siriri e Cururu, trazendo inovação e ideias expansivas para este famoso festival cultural, além de construir um museu interativo e participativo, que celebre esse marco tão emblemático que conquistaremos em 2019. Precisamos também movimentar nossa Capital, com congressos e outros eventos que fomentem a divisão hoteleira. Temos diversas propostas e precisamos muito do apoio do Ministério do Turismo para conseguirmos avançar”, afirmou.

Para Teté Bezerra, o turismo é uma parte crucial das capitais ao redor do país e é um dos pilares da economia. De acordo com a secretária, este segmento contribui para o crescimento da cidade em diversas formas e precisa ser investido em Cuiabá, principalmente considerando o aumento da rede hoteleira com o advento da Copa do Mundo FIFA 2014.

“O campo turístico é o que mais traz retorno imediato para o município. Aqueles que visitam a cidade consomem produtos e serviços de toda natureza, movimentando a economia local de forma rápida. Quanto maior for o número de visitantes em uma cidade, maior será o seu crescimento em todos os âmbitos. E no caso de Cuiabá, precisamos fazer com que o investimento feito no período da Copa continue rendendo bons frutos. Eventos culturais e até empresariais servem como induzidores do turismo na região. Além disso, o acesso da Capital a outros pontos belíssimos do nosso Estado é muito rápido. Em um raio de 150 km, o turista é capaz de contemplar lugares e paisagens incríveis”, revelou.

Em se tratando de investimento cultural com reflexos turísticos, o secretário Marcus Fabrício evidenciou a importância que o Carnaval 2017 teve para o comércio local. Além de atrair visitantes de diversos cantos de Mato Grosso, a economia foi impulsionada nos dias de festa carnavalesca. “Conforme o setor nos informou, tivemos um aumento de 5 a 9% na movimentação dos hotéis, shoppings centers e restaurantes durante os quatro dias de folia. É um acréscimo relevante em um período tão curto e precisamos fortalecer essa premissa em Cuiabá”, concluiu.

[pro_ad_display_adzone id="9377"]