[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Presidente da Infraero crava data para entrega do aeroporto de Cuiabá que pode virar hub de transportes

Fonte: Olhar Direto
0

O presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Antônio Claret de Oliveira e o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, cravaram que o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), deverá ser finalizado e entregue no dia 10 de outubro.

A data foi confirmada durante reunião do ministro e do presidente da Infraero com membros da bancada do Estado no Congresso, realizada na quarta-feira (05). O senador Wellington Fagundes (PR) comemorou o que chamou de vitória da bancada quanto à gestão dos transportes no Estado.

“Vai garantir conforto e usabilidade para aqueles que frequentam o aeroporto. Mas não paramos por aí, já que estamos formalizando o pedido para que a área de cargas do aeroporto também ganhe melhorias, colocando o Marechal Rondon como um hub designações dadas ao aeroporto utilizado por uma companhia aérea como ponto de conexão para transferir seus passageiros/carga para o destino pretendido) de transportes que conecta todo o Mercosul”, comemorou Wellington.

O senador aproveitou para adiantar que os aeroportos de Rondonópolis, Cuiabá, Barra do Garças, Alta Floresta e Sinop deverão figurar em um novo pacote de concessões do Governo Federal. “Ao relatar a política de Desenvolvimento da Aviação Regional, no ano passado, deixei bem claro a necessidade de que o interior do país tenha um transporte fortalecido”, lembrou Fagundes.

Durante a reunião com o ministro, também foram discutidas obras em oito pontes na BR-242, na região de Nova Ubiratã e Santiago do Norte. O ministro afirmou que já estão com contrato assinado e aguardam o licenciamento ambiental por parte do Ibama. O senador Wellington aproveitou para cobrar o ministro quanto a retomada das obras na BR-163. “Conversei ontem com o presidente do BNDES, Dr. Paulo Rabello, que enxerga ser possível empenhar recursos para a conclusão dessa tão importante rodovia”, acrescentou o republicano.

Para ele, é de fundamental importância que seja aprovada a Proposta de Emenda à Constituição 39, de sua autoria, que torna as concessões como sendo políticas de Estado, ou seja, que não se permaneça a insegurança jurídica na troca de um governo a outro.

A obra

A obra completa do aeroporto Marechal Rondon está orçada em R$ 84,63 milhões. O Marechal Rondon é hoje uma das principais portas de entrada de Mato Grosso e as obras de reforma do terminal garantirão, além de mais conforto aos usuários, a ampliação da capacidade de fluxo de passageiros para até cinco milhões de pessoas por ano. Em 2016, a movimentação de pessoas no complexo chegou a 2,8 milhões, segundo dados da Infraero. A projeção para 2017 é que a base cresça para até 3,2 milhões de passageiros no ano.

[pro_ad_display_adzone id="9377"]