Transporte

Projeto que institui a Rota do Peixe será sancionado

Fonte: 24 Horas News
0
Views:
0

O Projeto de Lei que institui a “Rota do Peixe do Vale do Rio Cuiabá”, de autoria do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), foi aprovado em segunda votação nesta terça-feira 03) e já está apto para ser sancionado pelo Governo do Estado.

Ao todo, dez municípios serão beneficiados. São eles Santo Antonio do Leverger e Barão de Melgaço (Rota I), Nossa Senhora do Livramento e Poconé (Rota II), Jangada e Acorizal (Rota III), Rosário Oeste e Nobres (Rota IV) e Cuiabá e Várzea Grande (Rota V).

O objetivo é incentivar o potencial gastronômico regional e do ecoturismo, impulsionar a produção artesanal e industrial da cadeia do peixe, criar oportunidades de emprego e renda, visando à permanência das famílias nessas comunidades, despertar núcleos locais de produção em comunidades locais e tradicionais de outros produtos que venham agregar valores, fortalecer as atividades da agricultura familiar, difundir tecnologias através de cursos, palestras e assistência técnica sobre a cadeia produtiva local, além de articular e divulgar atividades festivas regionais.

O deputado Wilson Santos (PSDB) elogiou a iniciativa de Eduardo Botelho. “Projetos como esse merecem toda a atenção porque fomentam o turismo e enriquecem o Estado. Parabéns ao deputado Eduardo Botelho pela iniciativa”, afirmou o líder do governo na Assembleia.

“Queremos promover o desenvolvimento econômico e social sustentável dos municípios do Vale do Rio Cuiabá, fortalecendo as comunidades com ações voltadas a valorização das famílias ribeirinhas, bem como aquelas que se dedicam à agricultura familiar. A atividade pesqueira é intrínseca às habilidades da população ribeirinha, que há muitas gerações convivem harmonicamente com o Rio Cuiabá, tirando dele seu sustento, mas ao mesmo tempo defendendo a preservação dessa riqueza natural que envolve nossas cidades, permitindo a sobrevivência e a subsistência de muitas famílias”, afirmou Botelho.

Ainda segundo ele, é ainda uma oportunidade de viabilizar o turismo rural, favorecendo a instalação de novas pousadas, restaurantes e similares, pois amplia o incremento promocional da pesca e comercialização do peixe, valorizando ainda toda a cadeia produtiva.

Transporte