Infra
Bic Banner

Secretário garante agilizar retorno das obras do VLT

Fonte: Folhamax
0
Views:
0

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) ainda nem assumiu o comando da Secretaria de Cidades (Secid), mas já adianta que não conseguirá concluir as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) nos próximos dois anos, tempo que falta para acabar o mandado do governador Pedro Taques (PSDB). "Quero deixar claro que não terei tempo para concluir o VLT. Isso exigirá mais de dois anos. O que eu vou fazer é movimentar a obra. Vou destravar o VLT, vou tratar essa obra com total prioridade, conforme me foi dada a missão", disse ontem na tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão em que foi aprovada a sua licença do parlamento estadual para assumir a Secid. 

Animado com sua nova missão, Wilson Santos informou que hoje pela manhã, em Brasília, estará reunido com o secretário nacional de Transporte e Mobilidade Urbana, José Roberto Generoso, e com o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), para definir diretrizes para a retomada das obras. 

De acordo com Wilson Santos, a Secid é uma secretaria jovem, mas que num curto espaço de tempo assumiu diversas atribuições. Segundo ele, a Secretaria Adjunta de Obras Públicas toca, em todo o Estado, cerca de 440 obras. Enquanto a Secretaria Adjunta das Obras da Copa do Mundo 2014 – Cuiabá e Várzea Grande – tem 24 obras. 

Santos afirmou que o Estado mantém com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) cerca de 22 termos de ajustamento de governanças (TAGs). Além disso, segundo o tucano, existem emendas parlamentares – de 2015 e 2016 – em mais de R$ 13 milhões que precisam ser pagas. 

“É uma Pasta com atribuições diversas. Ela cuida de aterro sanitário, de galeria de águas pluviais, de pavimentação, de iluminação pública, de parques ambientais… Tudo isso é política urbana. Em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso, a Secid está elaborando 106 planos municipais de saneamento. Cerca de 30 deles já estão prontos. O governador Pedro Traques deve fazer a entrega deles nos próximos dias”, destacou Santos. 

O deputado do PSDB ainda aproveitou para pedir o apoio de todos os deputados estaduais, principalmente na fase de adaptação. Ele ressaltou ser o primeiro parlamentar a assumir uma secretaria na gestão do governador Pedro Taques (PSDB) e que levará “um pedaço da Assembleia para o governo”. O parlamentar garantiu que será acessível e manterá o contato constante com os deputados. 

Para auxiliar na governabilidade do colega, o deputado José Domingos Fraga (PSD) pede que os parlamentares destinem as emendas livres (R$ 2,5 milhões) para a secretaria. “Para que pudéssemos bombar a secretaria e fazer com que possamos implementar obra no interior da cidade via Cidades”, sugere. 

O social-democrata explica que os números apresentados pelo ex-secretário Eduardo Chiletto foram pífios acerca das metas físicas alcançadas em sua gestão. “Espero que na sua gestão (Wilson) possa ter recurso financeiro para atender demandas reprimidas nos municípios”, ressalta. 

A nomeação de Wilson Santos deve ser publicada no Diário Oficial até sexta-feira (18). No começo da próxima semana o tucano deverá conceder uma coletiva de imprensa. Por enquanto, ele já frequenta a Pasta para se inteirar de todos os assuntos tratados. 

LICENÇA – A mesa diretora da Assembleia Legislativa aprovou ontem, durante sessão matutina, a licença do deputado Wilson Santos para exercer o cargo de secretário de Estado das Cidades (Secid). Em seu lugar deve assumir o suplente Jajah Neves (PSDB). 

Infra
Bic Banner