Transporte

Show nacional com Zeca Baleiro é atração na Arena

Fonte: Cuiabá 300
0
Views:
2

Mais uma vez a diversão está garantida no Vem Pra Arena deste sábado (13.08), na Arena Pantanal, em Cuiabá, a partir das 17h30. A segunda edição deste ano leva para o palco e entorno atrações variadas e reafirma o Vem Pra Arena como uma opção democrática de entretenimento, lazer e cultura para toda a família, já inserida no calendário cultural de Mato Grosso. Vale ressaltar que a entrada, como em todas as edições, é gratuita.

O Vem Pra Arena é uma iniciativa do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT). A programação do palco começa às 17h30 com apresentação do Coral Vesper. Formado por 80 estudantes com idades entre 10 e 15 anos, da Escola Estadual José Leite de Moraes, em Várzea Grande, o grupo tem na música um incentivo para integração sociocultural.

Em seguida, o público irá conhecer um pouco mais da riqueza e diversidade da cultura mato-grossense na apresentação da Orquestra Viola Divina, de Rondonópolis. Composta por 15 músicos, entre homens e mulheres, a orquestra mantém viva a cultura da música caipira e enaltece todas as potencialidades da viola artesanal.

Do erudito ao eletrônico

Ousado, diferente, criativo e sonoro. Assim pode ser definido o som do E-Strings Live. Formado por Yllen Almeida, Álvaro Carvalho e o DJ Serginho Moraes, o projeto mescla música eletrônica a instrumentos convencionais e tecnológicos, criando uma experiência audiovisual singular. O repertório vai do erudito ao eletrônico, do violino elétrico a uma profusão de cores na bateria, resultando em um show de sons, cores e efeitos especiais.

O cantor e compositor Wellington Berê, que este ano participou do Circula MT com o Conexões, projeto de interiorização da cultura regional, sobe ao palco em seguida para divulgar o repertório do terceiro disco, Calor de Cuiabá, que será lançado na ocasião. O show conta com a participação de dançarinas de rua e do rapper Linha Dura na faixa que dá nome ao CD produzido com recursos do Fundo Estadual de Cultura.

“O resultado final dessa produção é o esforço coletivo de muitos parceiros. O disco tem um significado especial por conta da conquista de algo que vem sendo desenhado há muitos anos. Significa, para mim, a superação”, afirma.

O Samba, a Bossa e as Novas segue aquecendo o público. Composto pelos músicos Raoni Ricci, Raul Fortes, Larissa Padilha, Rodrigo Mendes e Marcelinho, o grupo tem no mais brasileiro dos ritmos, o samba, o carro chefe, mas passeia por outros estilos, sempre colocando a plateia para dançar.

Criador da guitarra de cocho, o músico Billy Espíndola dá continuidade ao repertório de música regional de alta qualidade no palco do Vem Pra Arena. Billy foi uma das atrações do Festival Mundial do Rock, evento que contou com apoio da SEC, onde lançou o EP intitulado Só por Brincadeira. São cinco faixas que reproduzem composições, arranjos e melodias de uma nova fase da carreira do músico cuiabano.

A cultura mato-grossense, nas suas mais variadas manifestações, tem espaço cativo no palco do Vem Pra Arena, que recebe o chorado de Vila Bela da Santíssima Trindade. Com mais de dois séculos de existência, o chorado foi a maneira encontrada pelas negras escravas para persuadir os senhores a amenizarem os castigos dados a seus familiares. Um dos principais elementos desta dança é a garrafa de kanjinjin (bebida típica da região), equilibrada na cabeça pelas dançarinas.

Atração nacional

Em um show ansiosamente aguardado pelos fãs e admiradores, Zeca Baleiro encerra mais uma edição do Vem Pra Arena em Cuiabá e deve encantar o público com o repertório do novo álbum, Era Domingo. Não ficam de fora canções consagradas no repertório como “Salão de Beleza”, “Telegrama”, “Meu Amor Minha Flor Minha Menina” e “Babylon”. O público também pode esperar surpresas de Zeca Baleiro, que costuma preparar releituras de músicas de outros artistas.

O cantor e compositor maranhense será acompanhado pelos músicos Tuco Marcondes (guitarras e vocais), Fernando Nunes (baixo), Adriano Magoo (teclados, samplers, intetizadores e acordeon) e Kuki Stolarski (bateria e percussão).

Por Onde Andará Stephen Fry? é o nome do primeiro disco, lançado em 1997. Desde então foram lançados outros nove discos de inéditas, vários projetos especiais (inclusive para o público infantil) e oito DVDs.

Artista plural, Zeca Baleiro construiu uma carreira sólida, sempre surpreendendo público e crítica a cada trabalho. Com melodias certeiras, arranjos elaborados e poesia em alta voltagem, Baleiro apresenta sua espirituosa visão de mundo em canções originais. Além disso, tem se revelado sagaz intérprete de outros compositores e se envolvido com novas áreas, como o teatro e a literatura.

Em 2014 Zeca lançou seu segundo livro, A Rede Idiota e outros textos, com artigos publicados na revista IstoÉ e no blog Questões Musicais, da revista piauí, além de textos publicados em diversos jornais e revistas e outros escritos especialmente para o livro.

Outras atrações

Como nas edições anteriores, o 2º Vem Pra Arena de 2016 conta com uma extensa programação fora do palco principal. A Capoeira Vip, um dos grupos mais tradicionais da Capital, marca presença mais uma vez.

Para a criançada há o Coletivo Caixas no Caminho, que leva para a Arena uma intervenção muito interessante. Quatro caixas de teatro lambe-lambe, também conhecido como teatro de caixa, apresentam espetáculos de animação em miniatura encenados para uma pessoa por vez. Cada caixinha é uma surpresa especial. Com temas atuais, as atrizes-animadoras Juliana Graziela, Milllena Machado, Raquel Mützenberg e Thereza Helena trazem distintas técnicas de animação ao vivo. Os espetáculos são Agustino peixe grande (Raquel), Come-come (Juliana), Game over (Thereza) e O canto da sereia (Millena).

Tanto a criançada quanto os adultos se emocionam com as histórias que duram até três minutos e são totalmente autorais: bonecos, cenários, sonoplastias e dramaturgia assinadas pela equipe do coletivo Caixas no Caminho. “O teatro lambe-lambe é um dos tesouros da cultura brasileira, com portas abertas para todos que quiserem descobrir os pequenos universos de cada caixa”, diz Raquel.

No palco da praça, montado próximo à Feira Gastronômica, a banda cuiabana Salomanos se apresenta às 19h30 do sábado.

Também integram a programação do Vem Pra Arena a feira do Mato Grosso Criativo, Biblioteca Itinerante Estevão de Mendonça, mostra de carros antigos, parque infantil, feiras de gastronomia, artesanato e da Fundação Nova Chance.

Vale ressaltar que as feiras de gastronomia e artesanato ocorrem também no domingo (14.08), a partir das 17h. Neste dia a atração do palco da praça é a banda Plano B. A entrada também é gratuita.

Transporte