[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Sinfra deve inaugurar cinco obras na baixada cuiabana até o final do ano

Fonte: Hipernotícias
0

O Governo do Estado deve inaugurar, nos próximos meses, cinco importantes obras de logística, na baixada cuiabana. Dentre elas, estão a restauração da rodovia MT-251, de Chapada dos Guimarães até o trevo de Campo Verde, além da revitalização de 90 km entre o Distrito da Guia até Rosário Oeste.

Além disso, a travessia urbana de Rosário Oeste, que já está pronta, deve ser entregue pelo governo Taques. Segundo o secretário de Infraestrutura, Marcelo Duarte, o trecho é importante para que os motoristas possam fugir da BR-163, que está em péssimas condições de tráfego. 

"Está muito ruim trafegar na BR-163, infelizmente, o trecho concessionado, que deveria ser exemplo, está intrafegável. As pessoas estão tendo que trafegar pelas rodovias estaduais, que estão muito melhores que as federais", destacou Marcelo Duarte.

O governo pretende inaugurar também, até o final deste ano, a duplicação da saída para Chapada dos Guimarães. Somado a isso,  está sendo finalizado o trecho entre o Parque da Chapada até Chapada dos Guimarães, que aguarda apenas o licenciamento ambiental, já que trata-se de uma rodovia parque. 

Lançamento de obras

Além das inaugurações, o governo pretende lançar as da restauração completa entre um trecho chamado "trevo da Mika" até o Distrito da Guia. As obras de duas pontes, que ligam Cuiabá e Várzea Grande, devem ser lançadas em breve, segundo informações do secretário da Sinfra. 

"Iremos lançar nos próximos dias, as obras da ponte do Atalaia  e a ponte do Pari. Essas pontes são importantes para Cuiabá e Várzea Grande, que irão dar um  novo desenho no conglomerado urbano da nossa metrópole", disse Marcelo. 

Marcelo ressaltou que não são obras para serem inauguradas nessa gestão, já que elas vão demorar mais um ano e meio para serem concluídas.  De acordo com Marcelo, os tempos das engenharia são diferentes dos tempos da política. 

"As obras que serão iniciadas são obras complexas, que não serão entregues em menos de um ano e meio.  Não estamos pensando em obras para entregar nesse governo, são obras  para ficar na história de Cuiabá. Este é um presente do governador para Cuiabá, nos 300 anos", finalizou. 

[pro_ad_display_adzone id="9377"]