Infra
Bic Banner

Cuiabá participará de festival em Nova York

Fonte: Folhamax
0
Views:
10

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, cumpriu nessa quarta-feira (16) mais um compromisso da sua agenda oficial nos Estados Unidos. Desta vez, o gestor esteve no Central Park, em Nova Iorque, visitando as instalações e conhecendo a logística de funcionamento do SummerStage, o maior festival de cultura grátis ao ar livre da cidade americana. A visita do prefeito contou com a presença do secretário extraordinário dos 300 anos, Júnior Leite, da produtora cultural, Viviane Espinelli, e também da diretora de programação do evento, Paula Abreu.  

Para Emanuel Pinheiro, a ida até o local é um importante passo para que, no ano de comemoração dos 299 anos da capital mato-grossense, a arte e cultura cuiabana sejam ampliadas para o resto do mundo. A intenção do prefeito é abrir as portas para que já no próximo ano artistas regionais possam fazer parte da programação do festival. Além disso, trazer o SummerStage para Cuiabá durante as comemorações dos 300 anos, por meio de um elaborado projeto e contando com parcerias.

“Através desse projeto dezenas de países desfilam por aqui sua cultura, arte, música, enfim, a sua identidade cultural. É aqui, neste palco internacional, que eu quero ver a nossa cultura, arte e o talento cuiabano, mostrando as nossas riquezas para o mundo. Já autorizei o secretário Júnior Leite a trabalhar na elaboração desse projeto e me apresentar o quanto antes, para que possamos validá-lo já no intuito de preparar esse grande espetáculo em homenagem aos 300 anos da nossa querida Cidade Verde”, comentou Pinheiro.

A diretora de programação do SummerStage, Paula Abreu, explica que o festival tem a duração de três meses, indo de junho a agosto, e acontece em 17 parques de Nova Iorque, além do palco principal em Nova Iorque. Abreu destacou que, apesar de as tratativas terem apenas iniciado, uma parceria com Prefeitura de Cuiabá é totalmente possível.

“É um evento cultural, que conta com a apresentação de aproximadamente 35 shows no Central Park e mais 70 em outros parques. Temos música, danças, teatro, ópera e programação infantil. Então, nesse contexto, adoraríamos trazer artistas da cultura cuiabana. A partir de agora é preciso começar a elaboração do plano de trabalho, para podermos ver isso acontecer já no verão do próximo ano aqui nos Estados Unidos”, pontuou a diretora.

Infra
Bic Banner