Transporte

Duplicação de avenida em VG será concluída em 18 meses

Fonte: Folhamax
0
Views:
0

A prefeitura de Várzea Grande e o Governo do Estado emitiram hoje (2) a Ordem de Serviço para o início das obras de duplicação da Avenida Filinto Müller. Na próxima semana, os trabalhos terão início com a primeira fase que prevê medições, topografia e terraplanagem. Em princípio a contração é para execução em 24 meses, mas é possível que a conclusão seja realizada em 18 meses e entregue em maio de 2018. A obras orçada anteriormente em R$ 27 milhões acabou tendo seu custo reduzido para R$ 23 milhões graças à licitação realizada de forma transparente, resultando em uma economia de 17,39%.

A duplicação da Avenida será realizada com recursos do Estado e do Município, sendo da prefeitura, R$ 3,5 milhões. As obras estarão concentradas no trecho entre a rua João Norberto de Barros até a Rodovia dos Imigrantes, percurso que se considerado ida e volta totaliza cerca de 10 quilômetros.

A obra, em relação à mobilidade urbana da cidade, é a mais estruturante e importante dos últimos anos e será a solução para famílias e ao comércio da região, formada diretamente por 25 bairros e um contingente de 60 mil habitantes.

O governador do Estado, Pedro Taques, participou da assinatura da Ordem de Serviço e em mais uma ocasião nesse ano renovou o compromisso da sua gestão com Várzea Grande com mais esse investimento. “Há uma parceria, uma confiança estabelecida entre os dois governos, seja na área da segurança, da educação, da saúde, como também da mobilidade urbana. Hoje estamos aqui para dar início à duplicação da Avenida Filinto Müller. Já revitalizamos a Avenida da FEB e em breve estaremos retomando as obras do VLT e com esse conjunto voltado à mobilidade urbana entre Várzea Grande e Cuiabá tenho a certeza que estaremos fomentando o desenvolvimento deste Município como deve ser”. O governador destacou ainda que em breve a retomada das obras do VLT serão anunciadas no Município, bem como outras obras de ligação com Cuiabá.

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, fez questão de pontuar que todas as vezes que Várzea Grande recebeu a visita do governador foi para receber apoio para áreas essenciais. “E hoje não está sendo diferente. Além de dar o sinal verde às obras de duplicação, eu aproveito a oportunidade para anunciar mais um novo compromisso do governo do Estado que é a construção de três novas escolas estaduais, cada uma delas com investimentos de R$ 7 milhões. A nossa educação também segue com transformações. Com recursos próprios do Município e do governo federal vamos edificar 14 novas creches. Na área da saúde vamos construir a UPA do Cristo Rei onde funcionava o antigo ginásio Ferreirão. Para os próximos quatros anos estamos elaborando um planejamento estratégico que vai garantir ao Município mais infraestrutura, mais saúde, mais educação e mais assistência social, além de outras áreas também consideradas importantes”.

Como detalhou a prefeita, as escolas estaduais serão construídas nos bairros São Mateus, São Simão e Gonçalo Botelho. Em relação às creches, a prefeita argumentou que além de abrigar um maior número de crianças, as unidades dão garantia às mães que querem trabalhar, e suas crianças ficarão em segurança e sob assistência pedagógica.

A OBRA – O serviço será realizado pela empresa vencedora do processo de licitação, a mato-grossense Construtora Nhambiquara Ltda que no processo de Concorrência Pública e entre seis empresas interessadas foi a que apresentou o menor preço, atendendo aos critérios de qualidade e estrutura exigidos no edital lançado pelo Município. Com isso, a obra inicialmente estimada em R$ 27 milhões foi contratada por R$ 23 milhões, uma redução de R$ 4 milhões.

A prefeita reiterou ainda que a obra vai proporcionar não apenas a duplicação como também a pavimentação de acessos a diversos bairros. “Ela está entre as maiores intervenções de mobilidade urbana em execução em todo Mato Grosso e depois de concluída estará entre as mais modernas e eficientes para que o trânsito ganhe agilidade, segurança e principalmente facilite a vida da população como um todo. Vai consolidar a região como um novo corredor econômico. Essa duplicação estava sendo aguardada pela população”.

O projeto também prevê ciclo faixa, pista de caminhada, iluminação em LED, canteiro central e  calçadas, detalhou a prefeita lembrando que a ideia do município é fazer deste novo corredor de acesso, uma nova ponte de integração com a região norte da cidade. “Queremos impedir que uma nova parte da cidade de Várzea Grande, o Grande São Mateus, seja seccionado como aconteceu com o Aeroporto Marechal Rondon em relação ao Grande Cristo Rei”.

A prefeita concluiu dizendo que para se obter resultados e devolver os impostos da população em serviços é necessário a união e a busca de parcerias. “Encontramos nos esforços do governador Pedro Taques, do presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf, do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Joaquim, no papel de fiscalizador e disponibilização de ferramentas de gestão e nos demais deputados estaduais, federais e senadores, que se empenham em ajudar Várzea Grande, sua gente, assegurando recursos públicos para que os benefícios à sociedade em obras e ações se tornem realidade. O segredo do sucesso está no trabalho em equipe para que os resultados atinjam a todos”.

Transporte