Transporte

Emanuel quer Cuiabá moderna e sustentável

Fonte: Folhamax
0
Views:
0

O prefeito Emanuel Pinheiro recebeu na última sexta-feira membros da sociedade civil para dialogar sobre melhorias para Cuiabá. Ao longo do encontro, que também contou com a presença dos vereadores Dilemário Alencar, Paulo Araújo e dos deputados estadual e federal, Allan Kardec e Ezequiel Fonseca, foram discutidas propostas que priorizem o aprimoramento da cidade e dos serviços públicos prestados ao cidadão.

Dentre os assuntos abordados durante o fórum de discussão, os presentes trouxeram algumas solicitações, como o pedido de melhorias estruturais para o Mercado Municipal Miguel Sutil (também conhecido como Central), bem como uma maior atenção ao Espaço Cultural Silva Freire. Para o prefeito Emanuel Pinheiro, pensar na Cuiabá 300 anos é olhar para o atual contexto em que a cidade reside, planejando mudanças que apresentem um futuro promissor. "Queremos uma cidade moderna, sustentável e que seja voltada para as pessoas. Para que isso seja possível, nosso secretariado já está avaliando as principais falhas estruturais presentes, para que possamos atuar pontualmente. Quanto ao Mercado Municipal, precisamos devolver à vida ao espaço, que hoje encontra-se em estado de degradação. Já solicitei aos arquitetos urbanistas do IPDU ideias para um projeto que resgate a identidade deste local tão tradicional. Quero também revitalizar o Centro Histórico, que 'morre' depois das 18h. Hoje me reuni com os secretários Juares Samaniego (Meio Ambiente) e Leovaldo Salles (Ordem Pública), para que façamos um estudo de revisão de toda a legislação do gerenciamento urbano de Cuiabá. Temos que potencializar o centro e trazer a alegria do povo cuiabano de volta à região", afirmou.

Outro aspecto levantando durante o diálogo foi a região do São Gonçalo Beira Rio. Segundo o deputado Allan Kardec, a comunidade contribui para a movimentação econômica da Capital, sendo altamente produtiva, com 27 peixarias organizadas e artesanato local.

A proposta é investir na qualidade do serviço prestado aos consumidores, ampliando os aspectos turísticos que o espaço já possui, com a possível presença de um turismólogo que garanta uma experiência ainda melhor em meio ao tradicional povo local. "Temos ali um ponto turístico fantástico, que inclusive faz parte da Rota Turística do Peixe. Poderíamos avaliar a possibilidade de uma parceria com o Sebrae em relação ao atendimento, onde a instituição qualificaria, através da pasta municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, a forma como os garçons atendem a clientela, além de orientar a respeito das cozinhas dos restaurantes e como elas devem ser estruturadas e apresentadas, sem infringir as normas da Vigilância Sanitária. Há também o Centro Cultural onde a comunidade realiza seus eventos, que precisa de pequenas reformas, como a instalação de ventiladores. Temos ali uma sala preparada que poderia ser equipada com um computador, para que um turismólogo pudesse receber os turistas e orientá-los culturalmente", revelou.

Segundo o prefeito, todos os apontamentos levantados estão sendo devidamente considerados, para que a gestão municipal atue corretamente, priorizando o interesse da população. Para que a tomada de decisões em relação às mudanças necessárias seja feita democraticamente, Pinheiro afirmou que quer envolver o cidadão de forma participativa. "Cuiabá é uma capital pulsante que clama pelo crescimento e cremos que tudo pode ser melhorado. A Orla do Porto e o Parque das Águas podem ficar ainda melhores e nós vamos envolver o povo cuiabano neste processo. Alguns pontos desses espaços ainda são subutilizados e queremos ouvir o que o cidadão tem a dizer e quais são suas sugestões. Estamos também com um projeto para ampliar o turismo na Orla. Já solicitei estudos de viabilidade para a possível construção de um cais ali, com chalanas que façam passeios que englobem, inclusive, um roteiro por São Gonçalo Beira Rio", pontuou.

Para o permissionário do Mercado Municipal Central, Sebastião Luciano Freitas de Paula, o diálogo aberto com a Prefeitura de Cuiabá é essencial para que não apenas a situação do comércio, como também outras áreas da Capital, possam melhorar. "É importante saber que a gestão está atenta aos problemas existentes e que já tem mobilizado seus servidores para atuarem em favor da população". Para Yale Sabo Mendes, juiz da 7ª vara Cível de Cuiabá, o fórum de discussão "é excelente para que se pense em melhorias que beneficiem o interesse coletivo e não o privado", concluiu.

Transporte