Transporte

Secretaria visa planejar e promover o desenvolvimento de Cuiabá nos próximos anos

Fonte: RD News
0
Views:
14

A Câmara de Cuiabá aprovou nesta quinta-feira (6), o projeto de lei que cria a secretaria Extraordinária Cuiabá 300 anos. A proposta teve o apoio de 20 dos 25 parlamentares. Votaram contra a mensagem Felipe Wellaton (PV), Marcelo Bussik (PSB) e Gilberto Figueiredo (PSB). Toninho de Souza (PSD) não estava na sessão e o presidente Justino Malheiros (PV) não tem direito a voto (só em caso de empate).
Gilberto Leite
emanuel-pinheiro
Emanuel Pinheiro ressalta que nova secretaria tem o foco direcionado para a criação e a execução de políticas públicas com a interlocução direta com as demais pastas municipais
A nova pasta terá uma estrutura formada por 16 cargos e não tem orçamento próprio. “Foi uma sessão movimentada em que nós ouvimos atentamente os vereadores e a maioria entendeu a envergadura do projeto e a sua importância”, disse o líder do Poder Executivo na Câmara, Lilo Pinheiro.
A Prefeitura de Cuiabá argumenta que a criação visa propiciar que sejam desenvolvidas ações para planejar e promover o desenvolvimento de Cuiabá nos próximos anos.
Caberá a pasta atuar em prol de iniciativas práticas para melhoria estruturais e concretas em todas as esferas de crescimento da Capital que chega aos 300 anos em 2019.
“A nova secretaria tem o foco direcionado para a criação e a execução de políticas públicas com a interlocução direta com as demais secretarias, bem como a União, o Estado e os diversos setores econômicos e sociais, além da sociedade civil organizada”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro, que será o gestor da nova pasta.
Já a execução das ações ficará sob uma coordenação. O apurou que o secretário-adjunto de Cultura Junior Leite deve ser escalado para a missão. Oficialmente, Emanuel ainda não anunciou o “escolhido”.

Transporte