[pro_ad_display_adzone id="9377"]

Voo entre Cuiabá e Bolívia “abre portas para o turismo e Europa”

Fonte: Olhar Direto
0

O secretário adjunto de Turismo, Luiz Carlos Nigro, comemorou a autorização do governo da Bolívia para que o voo entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra seja operado pela Azul Linhas Aéreas. Para Nigro, isto representa um sonho concretizado e ele ainda avalia que a rota “abre portas para o turismo e também destinos na Europa, Estados Unidos da América e países sul-americanos”.
 
“O ponto principal é a abertura de portas para novos mercados. Hoje, uma das grandes dificuldades é a facilidade de voos para a nossa região. Por isso os turistas de fora acabavam escolhendo o pantanal de Mato Grosso do Sul. Esse voo da Azul poderá trazer muita gente da Europa e EUA. Isso porque em Santa Cruz de La Sierra, temos voos diários para estes destinos”, explicou o secretário em entrevista ao Olhar Direto.
 
Nigro também avaliou que o tempo para chegar a destinos internacionais irá diminuir, já que os mato-grossenses não precisarão mais ir até São Paulo para pegar um voo com destino a outros países: “É um sonho que se concretiza de todo mato-grossense. Há muito que se fala de voo regular para o exterior”.
 
“A Azul recebeu autorização, falta agora a ATT, que em uma semana deve aprovar o voo. Depois, começa o processo da Azul de montar o escritório na Bolívia de forma oficial, requerer os slots, balcão de atendimento, deve durar entre 30 e 45 dias, a partir da autorização. Tudo deve durar uns 60 dias”, explicou o secretário, estimando o início das operações entre outubro e novembro.
 
Além disto, Nigro também comenta a possibilidade de trazer turistas de países como o Peru. “O pessoal de Lima (PER) gosta muito do ecoturismo, de contemplação, setores em que somos muito fortes. Estamos trabalhando, conversando com as operadoras, vamos participar de um workshop com as operadoras de turismo de lá para viabilizar este novo canal dos turistas”.
 
O secretário lembrou ainda que Santa Cruz foi escolhido por ser um destino com muitos estudantes de Mato Grosso que fazem faculdade na cidade boliviana. “É um destino que encherá a aeronave facilmente. A previsão é de que teremos uma boa ocupação, para que a rota possa ser mantida pela empresa”.
 
Voe MT
 
O programa ‘Voe MT’, criado com o objetivo de fomentar a aviação regional em Mato Grosso, deverá proporcionar uma redução de até 84% do valor da operação sobre a base de cálculo do ICMS incidente nas operações internas de aquisição de QAV (querosene de aviação), em território mato-grossense. Para as operações internacionais, as saídas de combustível e lubrificantes para o abastecimento de aeronaves com destino ao exterior terão isenção total do tributo.

[pro_ad_display_adzone id="9377"]